nnn

sábado, 31 de outubro de 2009

"La esperanza es una rosa en botones" (Adolfo Payés)

E por falar em não-violência, vejam o que recebi hoje:

GERAÇÃO PRECONCEITUOSA?
De: Professor luiz Henrique silva (professor.lhenrique@hotmail.com)
Enviada:mglacerda-pa@hotmail.com (e outros)

Fala, Deputado!

"Queridos amigos!

Vergonhosamente temos que assistir imagens de descriminação contra nosso semelhante. O mundo inteiro viu esta semana uma aluna, de curso de graduação da UNIBAN, sendo banida de suas dependências por colegas de cursos. É lamentável ver as cenas, onde, constrangida, a aluna teve que ser escoltada para fora da faculdade por policiais. O livre arbítrio foi covardemente violado. Aqueles alunos que a julgaram e deram sua sentença serão os profissionais do futuro e isso é preocupante, pois, com pensamento retrógrado, não poderão dirigir os rumos de nossa nação. Assisti a luta pela democracia em nosso País onde muitos estudantes foram mortos pela ditadura. Conquistamos a liberdade de expressão e o direito de ir e vir. Pintamos a cara para depor presidente corrupto. Participamos de inúmeras manifestações pedindo mudança social, educacional, no trabalho, entre outros. Nós, estudantes na época, demos as mãos bem apertadas para que nada quebrasse aquela união que clamava por liberdade. Choramos abraçados, pelas alegrias das conquistas e pelas tristezas das derrotas. Mas, nunca desistimos do propósito da mudança. Agora, fica a preocupação com essa geração que estamos assistindo, oriundos de uma instituição, até então, tida como modelo educacional, querendo quebrar todos os preceitos que conquistamos. É lamentável! Julgaram e a condenaram, um ser humano, uma futura profissional, uma estudante, uma Brasileira. É crime mostrar a vaidade de mulher? Realmente ela é uma puta como disseram a ela? Mesmo que fosse mereceria respeito. Aqueles alunos estão realmente sendo preparados para dirigir a nossa Nação? Pobre futuro. Tenho dó de nossa futura sociedade. Pobres de pensamento, de educação. Que pena! Enquanto nossa geração marcou a Historia em ações afirmativas para o nosso povo, essa, que aí está mancha a honra de um povo trabalhador que, dia a dia luta para transformar o nosso chão digno de ser pisado. Que pena!"


♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥

Minha resposta:
URGENTE!!!?
De: Graça L. (mglacerda-pa@hotmail.com)
Enviada: sábado, 31 de outubro de 2009 18:32:03
Para: professor.lhenrique@hotmail.com
Professor,
meus respeitos e admiração!
Peço-lhe que encaminhe meu singelo Projeto a esses alunos discriminadores, com urgência!
Sim, porque eu creio profundamente na 'recuperação' do ser humano, enquanto gente!!!
E foi pensando justamente nisso mesmo, que criei e desenvolvi esse projeto Educacional, mas pelo jeito ele deverá ter outra abrangência, que não as nossas crianças e jovens, para o quais ele foi elaborado:
botoesmadreperola.blogspot.com
Peça-lhes, por favor, que vejam, e aprendam a falar e a comportar-se com dignidade!!!
Abraços, Deputado.
Muito obrigada. Esse seria o jeito de o senhor ajudar-me com esse Projeto, a levá-lo adiante!

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Blogagem Coletiva


NÃO À VIOLÊNCIA!!!
Meu RECADO possui um teor talvez um pouco diferente... por dois bons motivos:
1. Não acho que devamos mais apenas discorrer sobre esse mal que vem assolando assustadoramente a humanidade (discutir é bom e proveitoso) mas apresentar soluções! Aqueles que acreditarem e botarem fé, que se juntem a nós!
2. Minha proposta é fruto da vivência, da experiência e de resultados fantásticos conseguidos.
Tenho que revelar um segredo...
EU CREIO NO PODER GIGANTESCO DAS PALAVRAS!!!
E por esse motivo, elaborei certa vez um Projeto Educacional tendo como princípio e tema gerador, o livro CORRESPONDÊNCIA, de Bartolomeu Campos Queirós.
Esse blog, OS BOTÕES DE MADREPÉROLA, nasceu justamente para compartilhar essa ideia de projeto já realizado e com sucesso, numa escola em que trabalhei por exatamente sete anos.
A ideia é simples, mas maravilhosa e funcional!
Se não podemos fazer nada contra essa violência gratuita que já se instalou aí, e que depende mais de poderosos numa tomada de atitude ( que tristemente constatamos não saber por que não o fazem!!!), podemos e devemos ao menos iniciar por nós mesmos, educadores de crianças e jovens, uma prática pra lá de natural...
Adultos de hoje se lembram muito bem de quanto e como foram corrigidos pelos pais, professores e autoridades da época, quando eram pequenos!
Nossos governantes viveram essa realidade!!!
Nós vivemos essa realidade...
O BULLYING
Trabalhar valores e contravalores nas escolas, no mundo inteiro já é uma realidade: escolas adotam programas de redução e prevenção do bulling, e essa tomada de atitude vem de encontro ao constante grito de ‘basta de violência’, começando aí mesmo e estendendo-se pelas comunidades, pela famílias, pela sociedade, de modo geral.
A criança ou o jovem, assediada e ridicularizada, não tem mesmo como se defender, na maioria dos casos, e esse fato é um pulo para a iniciação nos considerados pequenos crimes (se é que se pode dizer ou considerar assim): irá retribuir essas agressividades com outras ainda maiores, pois ela se vê diante de uma situação de discriminação e segregação, e isso ela não pode suportar... Exclusão, agressão física, brincadeiras de mau gosto, críticas ferinas a raças, etnias, religião, nome, aparência física, hábitos, são algumas das formas do bulling, e estou certa que daí começam as pequenas formas de criminalidade.
Não que todos os envolvidos (vítimas) venham, necessariamente se tornar criminosos, mas todos os criminosos, violentos (os fora-da-lei), tiveram com certeza sua iniciação num tipo de situação como essa.
A PROPOSTA
Baseando-me em uma obra do querido escritor mineiro Bartolomeu Campos Queirós, CORRESPONDÊNCIA, desenvolvi esse Projeto Educacional há alguns anos atrás.
Professora (de português) que sou, observei um detalhe que para muitos passa despercebido: O COMPORTAMENTO DA CRIANÇA E DO JOVEM está totalmente estruturado NO SEU UNIVERSO DE PALAVRAS, e isso, radicalmente!
E você, meu querido amigo, poderá dizer-me agora: grande coisa, isso a gente já sabe!
Sim, e sei que sabe mesmo! Só que acho que, o que ainda as pessoas ‘não sabem’ é que MUDANDO-SE ESSE UNIVERSO, MUDAM-SE OS COMPORTAMENTOS! E isso, também radicalmente!!!
RETOMANDO A IDEIA
A partir da obra, criei então o Projeto FAZER ADORMECER E FAZER ACORDAR PALAVRAS, que consiste em enviar bilhetes a um amigo, parente, professor ou colega, diariamente, propondo fazer adormecer palavras negativas, agressivas, tristes e fazendo acordar (tirando do ‘sono’) as ALEGRES, EDIFICANTES, BELAS, HARMONIOSAS... até que possam fazer dessa prática um hábito rotineiro em suas vidas!
Deverão pedir ao amigo/colega que prometa passá-las adiante, ou criar as suas próprias, mas QUE NÃO AS DEIXE DORMIR DE NOVO ‘NO SONO DOS DICIONÁRIOS’!...
REALIZANDO...
1.Caderno de Capa Dura, enfeitado, elegante, para uma determinada quantidade de crianças e/ou jovens.
2.Realizando um verdadeiro brainstorming...
3. Abecedário para escreverem suas palavras, de um lado as negativas, tristes e feias; de outro, as alegres, harmoniosas e bonitas.
4. Enviar, a cada dia, uma palavra a um amigo, parente ou colega: fazer ADORMECER as primeiras e fazer ACORDAR as segundas.
5.Criar o Alfabeto Cívico, porque ali existem palavras de verdadeiro valor para a construção do indivíduo.
6.Não se pode falar de religião? Não faz mal... fale de AMOR.
7.Durante um tempo pré-estabelecido, até que se vejam resultados positivos (e as atitudes revelem uniformidade com o universo de palavras positivas, edificantes, alegres), observar e acompanhar, sempre.
8.Você também participe, não fique como espectador!
9.Elaborar a Carta Magna.
Amigos,
Trata-se de um Projeto Educacional QUE DEU CERTO, e para aquelas crianças e jovens que não possuem escola (por motivo que no momento não vem ao caso), CONSTITUAM-SE PROJETOS SOCIAIS (!) e convidem-me para participar, e apostem se não vou correndo...
Esta é apenas uma SUGESTÃO, porém, como disse, creio no poder infinito das palavras!
Mudam-se as palavras, mudam-se os valores, e mudando valores, mudam-se comportamentos. Sei disto porque VIVO ISTO. .
Desde então, tenho feito esse trabalho sempre, aleatoriamente também, e participado de inacreditáveis resultados!
Utopia, ilusão, loucura, perda de tempo... Chamem a isso o que quiserem, eu a isso chamo prevenção, amor, resgate, ditosa realização! Vale a pena.
Estaremos criando novos adultos, com bons exemplos de vida, e a violência, se não for erradicada de vez, ao menos em grande parte ela será indiscutivelmente REDUZIDA!!!
Vamos tentar???
♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥
OBS. O Projeto é completo e possui Justificativa, Objetivos, Abrangência, Resultados esperados, Período de realização, Estimativa de custos, Descrição das Ações, Responsável (eis ) pelas ações, Estratégias, Sensibilização, Execução do plano de mobilização, Elaboração e Culminância.
Para participar, é só clicar no banner acima, MIX CULTURAL, à esquerda deste blog.

BLOGAGEM COLETIVA

Meus queridos amigos leitores e visitantes:
por esses dias estarei participando de uma blogagem coletiva contra a violência. Convido a todos que quiserem participar também: clicar no selo acima MIX CULTURAL.
Boa blogagem!
Hoje ou amanhã colocarei aqui a minha contribuição e não serei modesta dizendo 'modesta', não! Creio firmemente que ela será de muito valor!!!
Vamos nessa!

terça-feira, 27 de outubro de 2009

Haicais para o Empório do Café...



Na mesa de mármore
uma estrépita formiga
- frêmito da Vida! -
♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥
Na cesta de vime
o angorá sonolento
anuncia a sesta.

domingo, 25 de outubro de 2009

Versículo Bíblico



"Mas este é o concerto que farei com a casa de Israel depois daqueles dias, diz o Senhor: porei a minha lei no seu interior e a escreverei no seu coração; e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo."

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Uma reflexão...



Envelhecer : com mel ou fel ?

Affonso Romano de Sant'anna Jornal do Brasil
30/07/87.


Conheço muitas pessoas que estão envelhecendo mal. Desconfortavelmente. Com uma infelicidade crua na alma. Estão ficando velhas, mas não estão ficando sábias. Um rancor cobre-lhes a pele, a escrita e o gesto. São críticos azedos, aliás estão ficando cítricos sem nenhuma doçura nas palavras. Estão amargos. Com fel nos olhos.

E alguns desses, no entanto, teriam tudo para ser o contrário : aparentemente tiveram sucesso em suas atividades. Maior até do que mereciam. Portanto a gente pensa : o que querem? Por que essa bílis ao telefone e nos bares ? Por que esse resmungo pelos cantos e esse sarcasmo que se pensa humor ? Isto está errado. Errado, não porque esteja simplesmente errado, mas porque tais pessoas vivem numa infelicidade abstrusa. E, ademais, deveria-se envelhecer maciamente. Nunca aos solavancos. Nunca aos trancos e barrancos. Nunca como alguém caindo num abismo e se agarrando nos galhos e pedras, olhando enquanto despenca. Jamais também, como quem está se afogando, se asfixiando ou morrendo numa câmara de gás.

Envelhecer deveria ser como plainar. Como quem não sofre mais (tanto), com os inevitáveis atritos. Assim como a nave que sai do desgaste da atmosfera e vai entrando noutro astral, e vai silente, e vai gastando nenhum-quase combustivel, flutuando como uma caravela no mar ou uma cápsula no cosmos.

Os elefantes, por exemplo, envelhecem bem. E olha que é uma tarefa enorme. Não se queixam do peso dos anos, e nem da ruga do tempo, e , quando percebem a hora da morte, caminham pausadamente para um certo lugar - o cemitério dos elefantes, e aí morrem, completamente, com a grandeza existencial só aos sábios permitida.

Os vinhos envelhecem melhor ainda. Ficam ali nos limites de sua garrafa, na espessura de seu sabor, na adega do prazer. E vão envelhecendo e ganhando vida, envelhecendo e sendo amados, e, porque velhos, desejados. Os vinhos envelhecem densamente. E dão prazer.

O problema da velhice também se dá com certos instrumentos. Não me refiro aos que enferrujam pelos cantos, mas a um envelhecimento atuante como o da faca. Nela o corte diário dos dias a vai consumindo. E no entanto, ela continua afiadíssima, encaixando-se nas mãos da cozinheira como nenhuma outra faca nova.

Vai ver, a natureza deveria ter feito os homens envelhecerem diferente. Como as facas, digamos, por desgaste, sim, mas nunca desgastante. Seria uma suave solução: a gente devia ir se gastando, se gastando, se gastando até se evaporar. E aí iam perguntar: cadê fulano? E alguém diria: gastou-se foi vivendo, vivendo, e acabou. Acabou, é claro, sem nenhum gemido ou resmungo.

Isto seria muito diferente de ir envelhecendo por um processo de humilhações sucessivas, como essa coisa de ir deixando rins, pulmões, dentes e intestinos pelas mesas de cirurgia, numa mutiladora dispersão.

Acho que o que atrapalha alguns maus envelhecedores é a desmesurada projeção que fizeram de si mesmos. Se dimensionaram equivocadamente. Deveria ser proibido, por algum mecanismo biológico, colocarmos metas acima de nossas forças.

Seria a única solução de acabar com a fábula da raposa e as uvas. Assim a raposa não envelheceria resmungando por não ter devorado o que não lhe pertencia. Deveria, portanto, haver um relais, que desligasse nossos impulsos toda vez que quiséssemos saltar obstáculos para os quais não temos músculos.

Assim sofreríamos menos e não amargaríamos não ter tido certas mulheres, conquistado certos reinos, escrito certas obras primas.

A literatura tem lá seus personagens-símbolos a esse respeito: o Fausto e Dorian Gray. Apavorados com a velhice e a morte, venderam a alma ao diabo, e em troca pediram a juventude de volta. Não deu certo. O diabo não joga para perder. Dizem que a única vez que foi realmente derrotado foi naquela disputa com o próprio Deus a respeito de Jó. Mesmo assim, deu um trabalho danado.

Especialistas vão dizer que envelhece mal o indivíduo que não realizou suas pulsões eróticas assenciais; que deixou coagulada ou oculta uma grande parte de seus desejos. Isto é verdade. Parcial porém. Pois não se sabe por que estranhos caminhos de sublimação, há pessoas que, embora roxas de levar tanta pancada da vida, têm, contudo, um arco-íris na alma.

Bilac dizia que a gente deveria aprender a envelhecer com as velhas árvores. Walt Whitman tem um poema onde vai dizendo: " Penso que podia viver com os animais que são plácidos e bastam-se a si mesmos".

Ainda agora tirei os olhos do papel e olhei a natureza em torno. Nunca vi o sol se queixar no entardecer. Nem a lua chorar quando amanhece.

terça-feira, 20 de outubro de 2009

MILAGRE ATRIBUÍDO SOMENTE A JESUS


Ganhei este selinho da linda Cris, do blog infinitodacris.blogspot.com
Obrigada, amiga e irmã, fiquei muito feliz por afirmar que as visitas também poderiam (e deveriam) abraçar a causa e assim poder contar também um pouquinho do que Deus fez em nossa vida!
O amigo Natalino foi curado por Jesus de um câncer no cérebro! Glórias ao nome de JESUS!
...

Seguem as regrinhas do selo:

1. Não precisa esperar o convite para participar,passou por aqui, fique a vontade,testemunhe!

2. Postar o selo da campanha ,juntamente com as regras Ou se preferir, indique este blog onde elas estão bem explicadas, para que não haja dúvidas. Não esqueça de ditar a regra mais importante "MILAGRE ATRIBUÍDO SOMENTE A JESUS"

3. Você deverá postar em seu blog, um milagre que JESUS tenha realizado em sua vida ou de outra pessoa.

4. Este milagre deverá ser atribuído a JESUS somente, não sendo permitido atribuí-lo a outros deuses.

5. Deverá escolher 5 blogueiros e convidá-los a participar.

6. Você deverá postar em seu blog o link do blog de quem te convidou . Esta próxima regra é muito importante,e eu gostaria muito que ela fosse respeitada.

7. Você deverá visitar os blogs que indicou e ler todos os testemunhos. E ainda, comentar em uma nova postagem, no seu blog, sobre o testemunho de milagre, de um de seus indicados, que mais tocou seu coração

8. Esta campanha não é só para cristão, ela é para todos, sem distinção. Pois Jesus veio para todos nós.
...
Para além de muitos milagres que Jesus já fez em minha vida e de minha família, quero destacar o meu testemunho de cura que aconteceu em 2006: havia quase três anos e eu estava sendo vítima de uma hemorragia uterina, que não cessava, e os medicamentos me causavam convulsão. Resultado: depois de muita luta, médicos resolveram que o melhor seria a cirurgia... Mas eu determinei que não faria, e que Jesus iria me curar, assim como fez com a hemorroíssa, que sangrava até por mais tempo que eu!!!
Com cirurgia marcada, dia e hora, todos os exames pré operatórios prontos, fiquei encabulada: exatamente o exame X que precisava e estava faltando, não dava certo de realizar...
Era Deus ganhando tempo...
E assim, dois dias antes de fazer a tal cirurgia, eu disse ao pastor de minha igreja: - eu tenho certeza que não vou precisar desta cirurgia, porque creio infinitamente que Jesus irá me curar, como fez com aquela mulher da Bíblia!!!
E para honra e glória do nome santo deJesus, fiquei curada, sem cirurgia e sem remédios!!!
Há muito mais que Ele fez e tem feito por mim e por minha família!!!
Creia também minha amiga, meu amigo, nesse Amor e nesse poder para todo tipo de cura!
Convido: Beth, do Alô Mensagem,
Graça Tristão do gracinhatristão51,
Uvinha, Patty do anonima escreve e todos aqueles que quiserem aderir à campanha!
Sintam-se abraçadas por Deus e não se constranjam em dar um maravilhoso testemunho, pois ele poderá ser útil a muitas pessoas, sem ideia desse alcance...


sábado, 17 de outubro de 2009

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

MEU ALFABETO


Perdi-me uma vez
Com as letras do alfabeto.
Fiquei desnorteado
Com a palavra Amor.
Na letra B
Ficou saudades
Do último Beijo
Se o C, não me identificasse
Por completo: CRISTIANO
Correria...
Deixei Dia-a-dia
A vida numa Dedução.
Mas, o D marcou profundamente...
Com um Doce amigo
Com a vogal E
Saiu Energia, Efervescência
Era Enigmático
O E foi e o E voltou
Mas, nenhum deles ficaram...
Acho que Errei...
Ainda bem que um deles
Foi verdadeiramente Elegante!
O F, ficou apenas Fantasiado
Agora,
Ganhei mais uma chance:
a de gerar o meu Hoje...


Crisjoli Fingal -Cotidiano-(crisjoli.blogspot.com)

Notícia para hoje...
Ignácio de Loyola Brandão - Meu querido 'menininho que vendia palavras' está lançando seu 34º livro: "Você é jovem, velho ou dinossauro", pela Global Editora. Ignácio é cronista do Estado de S. Paulo há 16 anos e também colaborador da revista Vogue. Vai falar sobre seus hábitos de escritor madrugador e propor alguns testes para saber como anda a memória do telespectador.

sábado, 10 de outubro de 2009

Que tudo de melhor!!!




"Alegria enorme com a notícia veiculada ontem (08.10.2009) de minha classificação nas categorias trova e soneto do Projeto "Pão e Poesia", uma iniciativa sem precedentes, do poeta mineiroDiovvani Mendonça, de divulgação da poesia em grande escala, a partir da região da Grande Belo Horizonte, projeto premiado pelo Governo Federal no ano passado. A proposta é imprimir cerca de 500.000 (quinhentas mil) embalagens de pão, para distribuí-las gratuitamente nas padarias da região, além das cidades de Juiz de Fora e Uberaba, entre tantas outras... Alegria enorme é pouco!"

Essas são as palavras do Sérgio (trovasecia.blogspot.com).

Quero participar dessa festa!... Entre nessa você também, meu seguidor poeta.

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Para uma menininha muito especial

Fiz esse scrap com muito carinho hoje para a netinha da minha xará Graça (gracinhatristao51.blogspot.com)

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Publiquei no Empório...


Reconto
(baseado em fragmento da obra de Tennessee Williams, Um Bonde Chamado Desejo)

Ela ouviu, por entre os jasmineiros, correrem passos pesados e rudes, e conservara-se assim absorta por questão de minutos, segundos, até que perdera a noção do tempo.
Que me importa? - pensou, depois de ter-se ocupado com assunto sério que resolveria de vez aquela dúvida que a angustiava, desde o dia em que resolvera casar-se.
Seus pensamentos a fazem voltar a si, um quarto de hora depois:
Que importa? Gozemos as aparências...
Naquela noite, foram os três juntos ao Moon Blanche, brincando e rindo, durante toda a trajetória, que para Ellise Cheadion pareceu arrastar-se uma vida inteira!
Finalmente, ouvem ao longe o som, em tom baixo, de uma valsa inquietante, que mexeu com a ansiedade de Ellise.Dançaram e riram ao som de Mademoiselle Matilde, e, no meio da dança, ele a segura com força, dá-lhe um terno beijo e sai correndo pelo enorme e requintado salão; porém,desta vez, misteriosamente, ela não consegue ou não deseja alcançá-lo, antevendo talvez que se o fizesse colocaria por terra a sua grande chance. Sabia que estava ficando mais claro, cada vez mais claro...
Ellise agora, plena de certezas, vislumbra o aposento, iluminado pelo farol cortante de uma locomotiva. Avista-o, entre surpresa e aliviada, sair daquele quarto, e junto com ele, recompondo-se todo, ele, seu melhor amigo de infância!
Nesse momento, ouve-se um disparo, que parecia vir da piscina. Constataram-se fatos, pediram a ela que não se aproximasse. Vencendo batalhas interiores, e com uma ternura despida de acusações, Ellise toma o amado nos braços: - é apenas um menino, com uma
doçura e uma delicadeza que não são próprias de um homem - pelo menos não dele - mas é apenas um menino.

O engano, agora, já não tinha mais lugar nem razões para existir.

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

O EMPÓRIO DO CAFÉ HOJE ESTÁ EM FESTA.
RAZÃO? SENSIBILIDADE...
MEU CORAÇÃO ESTÁ MAIS EM FESTA AINDA POR TER SIDO ESCOLHIDA EM 3º LUGAR, COM MEU PEQUENO POEMA.
AGRADEÇO ÀS MINHAS QUERIDAS AMIGAS LU CAVICHIOLI E ROSE, VERDADEIRAS DAMAS DO EMPÓRIO...
(emporiodocafe.blogspot.com)





EXORTAÇÃO

    (Graça Lacerda)

    "Poetas, seresteiros, namorados, correi"?

    - Não!...

    Poetas,

    seresteiros,

    namorados,

    voai!-

    Alcançai as borboletas

    Ide, pegai carona

    nas asas beijaflorais...

    Voai, sim, voai!

    Ide depressa, voando,

    - em paralelos à Vida -

    na marcha urgente do tempo

    que a primavera voltou!

    Não andeis na contramão

    Não voeis nas marginais

    vicissitudes!

    O orvalho molhe as vossas cabeças

    como gotas de cristal.

    O vento sopre, incontinenti,

    o vosso idílio.

    Poetas, seresteiros, namorados, voai!

    Entoai hinos!

    Cantai alegremente e despertai

    vossas divinas canções.

    Ah! Poetas, seresteiros, namorados,

    não me ouvis?

    Já é tempo, apressai!

    Ide depressa,

    voai!!!

sábado, 3 de outubro de 2009


RETRATO DE JESUS

Teu retrato, meu Pai, é apenas para testemunhar meu amor por Ti!!!

Disseram-me que ‘em Roma, no arquivo do Duque de Cesadini, foi encontrada uma carta de Públio Lêntulus, Legado na Galiléia, do Imperador Romano, Tibério César. Eis a carta, que é um retrato fiel de Jesus’:

“Existe nos nossos tempos um homem, o qual vive atualmente de grandes virtudes, chamado Jesus, que pelo povo é inculcado profeta da verdade e os seus discípulos dizem que é filho de Deus, criador do Céu e da Terra e de todas as coisas que nela se acham e que nela tenham estado; em verdade, cada dia se ouvem coisas maravilhosas desse Jesus; ressuscita os mortos, cura os enfermos; em uma só palavra: é um homem de justa estatura e é muito belo no aspecto. Há tanta majestade no rosto, que aqueles que o veem são forçados a amá-lo ou temê-lo. Tem os cabelos da cor da amêndoa bem madura, distendidos até às orelhas e das orelhas até às espáduas, são da cor da terra, porém mais reluzentes. Tem no meio da sua fronte uma linha separando os cabelos, na forma em uso nos Nazarenos; o seu rosto é cheio, o aspecto é muito sereno, nenhuma ruga ou mancha se vê em sua face de uma cor moderada; o nariz e a boca são irrepreensíveis. A barba é espessa, mas semelhante aos cabelos, não muito longa, mas separada pelo meio; seu olhar é muito especioso e grave; tem os olhos graciosos e claros; o que surpreende é que resplandecem no seu rosto como os raios do sol, porém ninguém pode olhar fixo o seu semblante, porque quando resplende, apavora, e quando ameniza, faz chorar; faz-se amar e é alegre com gravidade. Diz-se que nunca ninguém o viu rir, mas antes, chorar. Tem os braços e as mãos muito belos; na palestra contenta muito, mas o faz raramente e, quando dele alguém se aproxima, verifica que é muito modesto na presença e na pessoa. É O MAIS BELO HOMEM QUE SE POSSA IMAGINAR, muito semelhante a sua mãe, a qual é de uma rara beleza, não se tendo jamais visto, por estas partes, uma donzela tão bela...

...............................................................................................................................

De letras, faz-se admirar de toda a cidade de Jerusalém; ele sabe todas as ciências e nunca estudou nada. Ele caminha descalço e sem coisa alguma na cabeça. Muitos se riem, vendo-o assim, porém em sua presença, falando com ele, tremem e admiram. Dizem que um tal homem nunca fora ouvido por estas partes. Em verdade, segundo me dizem os hebreus, não se ouviram, jamais, tais conselhos, de grande doutrina, como ensina este Jesus; muitos judeus o têm como Divino e muitos me querelam, afirmando que é contra a lei de tua Majestade.

.............................................................................................................................................

Diz-se que este Jesus nunca fez mal a quem quer que seja, mas, ao contrário, aqueles que o conhecem e com ele têm praticado, afirmam ter dele recebido grandes benefícios e saúde." (R.Stanganelli)


quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Scrapbook by Graça Lacerda... Felicidade total!

Aniversário do blog: três lindos e ricos meses de pura diversão, aprendizado, contato, enriquecimento!!!



Ângela Cristina, o meu mais profundo agradecimento a ti, minha querida! Pela disponibilidade, pela atenção, pelo carinho, pela tua infinita GENEROSIDADE!!!
Olha o que fiz com teu template...

(angelsscrap.blogspot.com)


Esse é outra das minhas simplicidades de iniciante... tem muito mais!!!

Esses são meus!


Fotogrametria

Chegou ontem, pelo correio.
Cartão em três dimensões
- algo inusitado! -
"Fotografias Aéreas - fã incondicional oferece:
Elaboro cartas do teu coração
faço fotografias.
Registro informações
e imagens.
Faço também montagens
com tuas curvas de nível,
com todos os teus limites.
Sondo estradas do teu corpo
- área escultural -
por onde anseio trafegar.
Interpreto tonalidades e sombras.
Todos os teus detalhes são essenciais.
Invento mosaicos e formas
e justifico tua nudez!
Aviso:
Meu método estereoscópico
pode provocar em ti
incontidas e novas reações...
Responde assim que possas!
Já tenho ativado o sensor.
Proponho examinar
detectar
em teu mapa sensual
exatas imagens aéreas
da tua latitude
da tua longitude
tridimensional."
(Graça - 28/09/09)


Sem título

Quando eu puder, enfim, cuidar de mim,
vou querer franjas e cabelos curtinhos
poder cuidar de passarinhos
- não nas gaiolas -
no seu habitat mais que natural!
Quero gerânios nas janelas
ter azulejos decorados
- não por outrem -
pela minha mão mais que artesanal...
Quando eu puder, então, cuidar de mim,
irei novamente pensar
não somente no que é meu,
nas minhas necessidades
nas minhas preferências.
Estarei voltando
cuidando
tecendo
- não somente meus prazeres -
mas também os daqueles
que sempre e abnegadamente
cuidaram realmente de mim!
E nesse retorno a mim,
começar, enfim,
tudo de novo...
Graça Lacerda 22/09/09