quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Ainda Feliz Natal



Eu olho o traçado que a luz desenha no soalho, filtrada por um pingente que balança no falso pinheiro de Natal, e penso que Deus está mesmo nos detalhes, ou no retângulo que salta do piso como uma tela virtual, um abstracionismo que a refração da luz me oferece assim, inesperadamente, materializada no chão do escritório. Estou há não sei quanto tempo mergulhado na caverna virtual, em busca dos arquivos de Natal, à cata de um sentimento específico: o acordar na manhã do dia 25. Cedo. Muito cedo. Antes dos adultos. Descer as escadas e encontrar a imensa mesa, montada sobre cavaletes para acomodar toda a família, ainda posta, com as iguarias cobertas por guardanapos de papel. E os brinquedos ganhados na véspera a minha espera, ali, no pé da árvore. Rabanadas, ameixas e cerejas, que eram raras naqueles tempos em que se suspirava por uma calça Lee. Lembro-me especialmente dos olhos de uma prima que ganhou uma calça Lee, num daqueles Natais em família. Era a mesma que tinha a foto de Richard Chamberlain presa com durex no interior da porta do armário. 

Ela rasgou o papel enfeitado e olhou a calça com adoração. Esperava por ela havia muito tempo. Afinal, aquilo era artigo que só se encontrava nas importadoras. Eu também, entrando na adolescência, juntei dinheiro e fui à rua da Alfândega comprar meus jeans, que ficaram largos, porque insistiram que eu ia espichar e a calça não ia servir mais. Mas não fui o único, garanto. 

Estou fazendo uma varredura nesses arquivos e é impressionante como ali a juventude das primas manteve-se fresca, todas bronzeadas no fim de dezembro, trocando frascos de Gelatti, cada qual com sua cor favorita. Muitas primas, sempre. Marli, Marisa, Edilma, Edna, Edilza, Eliana, Eliete, Celi, Celma, Célia – escolhiam uma letra e, a partir dela, batizavam a prole. Enquanto isso, é claro, davam asas à imaginação. Era, também, nesses imensos encontros de família, quando se exagerava no vinho, que se diziam coisas e se criavam mágoas. E as mágoas cresciam e duravam todo o ano, até o próximo perdão natalino. Eu ia escutando histórias, ou fragmentos delas, e lembro claramente de olhar para os adultos como personagens. Um outro tipo de desenho animado, se me entendem. 

Ah! Acabo de encontrar um pedaço do plástico que era costurado para servir como toalha para a mesa da ceia. Nos arquivos, guardou-se o padrão: renas, trenós e guirlandas. O vermelho e o verde estão intactos. Ainda vibrantes, não desbotaram. Além dele, há uma infinidade de sons, cores e paladares que vamos guardando, não sabemos bem por quê, mas que agora, ao descobri-los – papéis de presente, doces cristalizados e canções –, percebo que se mantiveram ali para que eu ainda possa escrever uma crônica de Natal. E desejar os votos de costume, além de um abraço longo. Um abraço apertado. Fruto do amor que fomos plantando ao longo da vida. Um Feliz Natal aos leitores, portanto, ainda que apenas a ideia, a lembrança, guardada nos nossos arquivos, intacta, perfeita, incorruptível.
 (Miguel Falabella, ISTOÉ Independente)
*Miguel Falabella é ator, diretor, dramaturgo e autor de novelas

20 comentários:

Maria Luiza disse...

Muito bacana a crônica do Falabela. Ainda não havia lido nada da autoria dele. Obrigada por essa partilha. Bjbjbj!!!

Célia Gil disse...

Excelente partilha! Bjs

R. R. Barcellos disse...

Felizes arquivos-saudades,
Felizes crônicas-verdades,
FELIZ NATAL, AMIZADES!

Calu Barros disse...

São de pedaços pequeninos que esquecidos nas lembranças dos Natais passados, possibilitam a memória aquecida dopara o Natal presente.
Gostei demais da crônica memorial do Falabella.
Obrigada por compartilhar, Graça.
Bjos,
Calu

Luciana Gomes disse...

Oi, Querida, como vai sua dissertação sobre a trilogia do Nick Bantock?

Conseguiu ler a minha? O que achou?

Espero que tenha um ótimo natal. Mande notícias...Bjs grandes.

☆♥☆ Samara Angel disse...

oi amada amiga do coraçao,lindo texto,vim te dar um abraço,desejar um feliz natal abençoado,e um feliz ano no com a graça de Deus,bom fim de tarde.bjusssssss

Sonhadora (Rosa Maria) disse...

Minha querida

Um belo texto de Falabella...e são essas gavetas que abrimos que nos trazem doces recordações.

Deixo um beijinho com carinho
Sonhadora

@roqueirodepressivo_ disse...

Oi, Falabella emociona. Passei para desejar-lhe Feliz Natal. Beijos.

Leonel disse...

Boas lembranças estas, embora não sejam as minhas!
Mas, sempre lembramos de coisas mais ou menos equivalentes...
Alguns tem a fórmula certa para conta-las...
Falabella é um deles!
E você soube escolher bem!
Abraços, Graça!
Antecipo meus votos de Feliz Natal!

☆Lu Cavichioli disse...

Miga to sentindo falta de ti!
Onde vc está???

Deixo a ti votos de boas festas, queridona. E um Happy New Year com um montão de coisas boas. Simplesmente pq vc merece - grande coração de Gracinha Lacerda!

amo-te!
Lu :)

R. R. Barcellos disse...

Favor apresentar-se ASAP a bordo da Es-Sotamer fins salvar o planeta.
FELIZ NATAL!
Ass: Comodoro El-Lobsarc, R. R.

Literatura & Companhia Ilimitada disse...

Oi Graça! Passando para te cumprimentar e apreciar esta bela crônica do Falabella. Bela escolha.

Hoje vamos iniciar uma pausa por um breve período, pois a carcaça clama por um pequeno descanso. Aproveitaremos a oportunidade para fazer uma análise sobre os nossos erros e acertos, assim como realizarmos uma arrumação no nosso humilde espaço.

Agradecemos de coração a companhia e o apoio de todos, prometendo, com a graça de “DEUS”, voltarmos em janeiro para dar continuidade ao nosso trabalho, isso, contando com o apoio e a compreensão dos amigos e seguidores, claro.

Desejamos a todos um “Maravilhoso Natal” e um “Ano Novo” repleto de realizações.

“QUE DEUS SEJA LOUVADO”

Beijos,

Rosemildo Furtado.

Roselia Bezerra disse...

Olá, querida Graça

" Das alturas orvalhem os céus,
E as nuvens que chovam justiça,
Que a terra se abra ao amor
E germine o Deus Salvador"...


Fico tão sem palavra para agradecer o carinho imensurável com que me cumula ao longo do ano que só posso lhe dizer que te amo fraternalmente...
Seja muito abençoada e feliz, amiga!!!
Bjm de paz e FELIZ NATAL... apesar de qualquer vestígio de dor em seu coraçãozinho....

"Quando eu estiver contigo no fim do dia, poderás ver as minhas cicatrizes,

e então saberás que eu me feri e também me curei."

(Tagore)

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga Graça

Hoje minha visita é para agradecer
o presente que é para mim
a sua amizade,
e também desejar
um maravilhoso Natal,
onde possas encontrar nestes dias
ainda mais inspiração
para a alegria de ser feliz,
e para o milagre de fazer
quem passa por tua vida feliz.

Que o teu olhar seja a mais perfeita
luz do Natal a enfeitar o mundo.

Regina Rozenbaum disse...

Não conseguiria escrever uma mensagem para cada um, mas querendo que receba meu carinho e gratidão por mais esse ano de amizade e convivência deixo aqui meus desejos


Quisera
neste Natal
armar uma
árvore dentro do
meu coração e nela
pendurar, em vez de
presentes, os nomes de
todos os meus
amigos. Os amigos de longe e
os de perto. Os antigos e os mais
recentes. Os que vejo a cada dia e os
que raramente encontro. Os sempre lembrados
e os que as vezes
ficam esquecidos. Os
constantes e os intermitentes.
Os das horas difíceis e os das horas
alegres. Os que sem querer magoei ou,
sem querer me magoaram. Aqueles a quem
conheço profundamente e aqueles que me são
conhecidos apenas pelas aparências. Os que pouco
me devem e aqueles
a quem muito devo. Meus
amigos humildes e meus amigos
importantes. Os nomes de todos os
que já passaram pela minha vida. Uma
árvore de raízes muito profundas, para que
seus nomes nunca mais sejam arrancados do
meu coração. De ramos muito extensos, para que
novos nomes, vindos de todas as partes, venham juntar-se
aos existentes. De sombra
muito agradável, para que nossa
amizade seja um momento de repouso,
nas lutas da vida. Que o natal esteja vivo em cada dia
do ano novo que se inicia, para que as luzes e cores da vida
estejam presentes em toda a nossa existência e concretizem, com
a ajuda de Deus, todos os nossos desejos. Feliz Natal!
Feliz Natal!
Feliz Natal!
Feliz Natal! Feliz Natal!


QUE A HARMONIA, O SENTIMENTO DE SOLIDARIEDADE E COMPAIXAO, O RESPEITO E AS ALEGRIAS DESSA ÉPOCA DO ANO SE SOLIDIFIQUEM NO MAIS PURO AMOR, ENCHENDO DE LUZ TODOS OS CORAÇOES...
E QUE ESSA LUZ ALCANCE TUDO E TODOS... MUITA PAZ!
Com amor
Regina

VELOSO disse...

Falabela faz tudo muito bem você também um Feliz Natal e tudo de bom em tudo e sempre!

CLEMENTE GERMANO MULLER disse...

Estivemos juntos por mais um ano, para minha alegria, no blog, no facebook, no orkut, no e-mail, não importa, eu agradeço.

Há de ser o Natal um grande momento de paz. Há de ser o Ano Novo um tempo de amor.

Que a paz, o amor e a harmonia permaneçam em seus corações e seus lares.

Quando em minhas preces, agradeço por vocês existirem na minha vida, enxergo minha pessoa, tão frágil, tão “comum”, tão indignada com as coisas do mundo e me pergunto,como cheguei a vocês?

Sem planejar, até mesmo sem perceber, aumentou minha família.

Escuto um eco enorme à minha pequena voz... vocês apareceram na minha telinha, tão natural, tão espontâneo!

Chego a pensar que sempre foi assim. É assim!!!

Percebo ainda, que falamos em

Anas, Josés, Cecílias, Beths, Carminhas, Marias essa e aquela, Edisons, Eloys, Fátimas, Veras e tantos outros, como pessoas de minha maior convivência, na mesa do jantar, ou mesmo almoço.

Quero desejar agora;

Da minha família para a sua família, um FELIZ NATAL.

FELIZ ANO NOVO.

Que a paz do Natal se multiplique no ano que se inicia.

Obrigada por fazerem parte da minha vida.

DEUS os abençoe.

FIQUEM COM DEUS.

Lhu Weiss disse...

Minha querida amiga!
A distância é enorme,mas bons amigos fazem com que esta distância fique tão pequena...e os laços fiquem cada vez mais firmes.
Passei para desejar-te um Feliz Natal cheio de LUZ, prosperidade e que cada vez mais os amigos estejam presentes em seus dias.
Feliz Natal
Lhú Weiss

Ventania da Noite disse...

Querida Graça,

Quero agradecer nessa oportunidade a sua carinhosa companhia nesse ano que logo termina e desejar que a sua caminhada em 2012 seja repleta de paz e realizações.

Tenha um feliz e abençoado Natal!

Beijo carinhoso no coração

Deus seja contigo

Maria Rodrigues disse...

Graça venho especialmente para desejar um Natal muito Feliz e que o novo ano seja repleto de alegria, saúde, paz e amor. “A Melhor mensagem de Natal é aquela que sai em silêncio de nossos corações e aquece com ternura os corações daqueles que nos acompanham em nossa caminhada pela vida.” (autor desconhecido)
Beijinhos
Maria