nnn

quinta-feira, 10 de março de 2011

ETAPAS DO AMADURECIMENTO DE UM BLOGUEIRO CRISTÃO




Nenhum projeto pessoal pode ser levado à perfeição sem dedicação, tempo e persistência. Isto também inclui os Blogs. Quero refletir com você o que penso depois destes cinco anos escrevendo e publicando conteúdo cristão. Não cheguei à perfeição. Pode ser que esteja bem longe disso, mas procuro renovar meu entendimento para aclarar a visão e continuar focando no alvo.


Creio que posso ser dedicado em algo porque me apaixone. Sempre amei o trabalho de evangelizar com a palavra escrita. Um blog para mim não é um artigo onde possa desfilar vaidade pessoal. Mas cedo ou mais tarde você se cansa, principalmente se for bem sucedido. Nisso, o sucesso pode produzir fastio.

Como cristãos, você e eu, detentores do conhecimento da mais alta tecnologia de publicação da palavra escrita, tanto em velocidade quanto abrangência geográfica, poderemos ir muito mais longe se deixarmos de ficar contemplando o próprio umbigo. Blogs são tecnologia pura, gratuitas, de alcance global. De 2009 em diante vão se tornar mídia obrigatória para líderes evangélicos. Entretanto, a internet é por demais pública para discussão de picuinhas e lavar "roupas" sujas. Quem fizer isto, em muito pouco tempo vai mostrar o tamanho do próprio caráter. Você pode não ter nenhuma expressão - como Davi de Jessé - todavia se levar a sério um projeto focado em Cristo, com dedicação você vai suplantar endereços de pastores, bispos, apóstolos e "papas".



Em minha opinião, todo lider evangélico - seja adolescente, adulto ou da terceira idade - desde que goste de ler tem potencial para ser bem sucedido em Blogs.Quem ama a leitura, para mim, tem qualificação e futuro para escrever bem. Em lugar de criticar os que estão começando, geralmente copiando textos de outras lavras, ou blogando sem conteúdotenho uma visão diferente. Bíblica. Sobre estes críticos, estão enganados. Se estivessem no tempo que Cristo escolheu seus 12 discípulos os rotulariam de ignorantes, sem cultura, pescadores incultos, zé povinho. É por isso que dei a este Blog o nome que ele têm. Olhar Cristão. Com um olhar, Cristo viu que Mateus era mais que um publicano, que Zaqueu precisava apenas uma palavra amiga para deixar de ser o fiscal mais corrupto de Jericó. Com um olhar, Cristo viu que a mulher adúltera precisava de uma palavra de perdão em lugar de pedrasCom um olhar cristão eu vejo que Deus pode abençoar o mais ignorante dos blogueiros e fazer dele o mesmo que fez com aquele sapateiro "passafome" da Inglaterra conhecido por William Carey. Deus tem um especial modo de agir: Ele eleva o simples para confundir o "sabido".Ainda que você seja um blogueiro iniciante, mas se através de um texto seu algum leitor ouvir a voz de Deus, seu blog já cumpriu o objetivo cristão. Não desanime!


O tempo de amadurecimento define o poder de fogo de um blogueiro. Se ele se mantiver focado e dedicado, em fogo brando, mas constante, cada ano que passa são mais experiências, conhecimento, melhoria de redação e mais: conquistará uma multidão de leitores que se identificam com sua forma de pensar.

No primeiro ano, o blogueiro fica ansioso para ver seu nome estampado nas páginas dos buscadores. Quando vi pela primeira vez o meu, depois de um bom tempo, fiquei fascinado. Depois de mais de um ano blogando descobri as famosas ferramentas de contagem de visitas. Eu achava que poucas pessoas se dariam tempo a perder com minhas coisas. Eu estava enganado. Por outro lado, quando comecei a ver o contador de visitas mudando a cada dia, também fiquei ansioso. E esta ansiedade somente passou, quando em abril do ano passado meu counter desapareceu da Internet com os registros de 98.000 visitas. Depois disso, a ansiedade foi diminuindo, diminuindo, até não mais causar febre.

Por outro lado a eficiência foi aumentando. Aprendi a colocar corretamente os títulos dos textos, a corrigir os textos dentro do Word através do corretor ortográfico... ainda que não esteja 100%, pelo menos, em respeito aos leitores, procure deixar a ortografia o mais correta possível. Descobri quais assuntos interessam mais os leitores evangélicos e não evangélicos; também que um blog não pode ter matérias repetitivas, mas que sejam no formato de uma revista, ou seja, com assuntos variados. Um assunto de interesse público, pode atrair leitores não cristãos. Se você martelar apenas coisas de crentes, vai desprezar a maior parte de leitores em potencial - não crentes. Seu blog precisa ter tempero que agrade a crentes e não crentes. Não pode ser aquele prato insonso e repetitivo ano após ano. Isto só é possível com o passar dos anos, desde que seu propósito seja algo acima do narcisismo.



Cada ano que você bloga, mais sábio você pode ficar, principalmente se ouvir as críticas. Os elogios são muito agradáveis, bem-vindos... mas não produzem crescimento, apenas a sensação de que você está no topo. Isso em 99% dos casos não espelha a verdade. A crítica nos irrita (quem é que gosta dela?) mas quando somos criticados acontece uma reação em nosso cérebro. Podemos discordar a princípio, mas se formos honestos podemos ver com os olhos dos leitores aquilo que não conseguimos enxergar.

Um dos grandes inimigos dos blogueiros é a suposta falta de tempo ou de propósito. Blogs são como namoro: ou você se apaixona por eles e vai adiante ou desanima à beira do caminho. A parábola do semeador é muito bem aplicado no meio dos blogueiros evangélicos. Por má informação uns detestam, por falta de visão outros morrem com a raiz na pedra, os que não têm tempo são sufocados pelos espinhos. Mas, os que se mantêm focados, principalmente em Cristo, podem produzir muito. Um blogueiro com unção de Deus para escrever vai conseguir pela Internet mais do que qualquer evangelista já fez por outros métodos. A mídia é global. O poder da unção Espírito Santo é o mesmo.

A seu tempo, o blogueiro cristão que investir na intimidade com Jesus e mantiver a produção de textos com inteligência, ao longo dos anos vai atingir uma quantidade de leitores inimaginável.



É por isso que estamos aqui para semear chamadas, mudar conceitos e produzir desafios. Quando o assunto são Blogs, vale a pena começar e continuar, aprender e ensinar, persistir e experimentar ao longo dos anos. Cada ano focado são dezenas de experiências acumuladas que ninguém pode tirar de você. Mas você pode com liberalidade compartilhar. Depois, à medida que você for conquistando maturidade neste processo de discipulado, chegará a um tempo que comprenderá o verdadeiro espírito de um blogueiro evangélico: ser uma testemunha autêntica de Cristo na Rede Mundial de Computadores. Blogar e fazer outros discípulos para a glória de Deus.

(ubeblog.com) UNIÃO DOS EVANGÉLICOS DO BRASIL - João Cruzué

Bom refletir, não?
Abraços,
Graça
Postar um comentário