nnn

quinta-feira, 2 de junho de 2011

CIDA BORGHETTI, ESTAMOS CONTIGO!

Projeto prevê punições para estudante que desrespeitar professor
15 de abril de 2011 • 12h22 •

Um projeto de Lei que tramita na Câmara dos Deputados prevê punições para estudantes que desrespeitarem professores ou violarem regras éticas e de comportamento nas instituições de ensino. De autoria da deputada Cida Borghetti (PP-PR), a proposta será analisada pelas comissões de Seguridade Social e Família, de Educação e Cultura e de Constituição e Justiça. As informações são da Agência Câmara.
De acordo o projeto de Lei 267/11, em caso de descumprimento das regras escolares, o estudante infrator ficará sujeito a suspensão e, na hipótese de reincidência grave, será encaminhado à autoridade judiciária competente.
A proposta muda o Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei 8.069/90) para incluir o respeito aos códigos de ética e de conduta como responsabilidade e dever da criança e do adolescente na condição de estudante.
Segundo a deputada Cida Borghetti, a indisciplina em sala de aula tornou-se algo rotineiro nas escolas brasileiras e o número de casos de violência contra professores aumenta assustadoramente. Ela diz que, além dos episódios de violência física contra os educadores, há casos de agressões verbais, que, muitas vezes, acabam sem punição.

(fonte:noticias.terra.com.br)

Obs. Segundo a renomada Psicanalista e amiga querida, Geisa Machado, o que ocorreu comigo é um caso típico de bullying!! Mais do que nunca, após esse incidente,continuarei nessa luta em prol do respeito aos colegas professores e educadores!
O que penso:
A "nova postura" que  o aluno exige, muitas vezes fere e agride  nossa condição de pessoas limitadas fisicamente! Por mais que acompanhemos a evolução dessas "exigências"... por mais que acompanhemos as determinações de profissionais como a querida amiga Geisa Machado...por mais que coloquemos em prática a Palavra e ordenanças de um Deus vivo...
As "exigências" do aluno têm que vir acompanhadas de boa educação, ética, respeito, boa conduta no espaço da escola, uma vez que ele não pode jamais considerar que esse espaço é a mesma rua onde ele mora...que esse espaço é a rua onde ele faz o que bem entende e se desentende com pessoas da mesma idade que ele...onde ele vive cometendo atos abusivos de comportamento...onde ele insulta uma professora, porque sabe que "aquele pedaço é seu"...as "exigências" do aluno deveriam fazer com que ele soubesse enxergar qual é o professor que realmente "faz a diferença" em sua vida!! que quer caminhar lado a lado, apoiando, encorajando, estimulando, aplaudindo com alegria seus pequenos feitos! As "exigências" do aluno jamais (jamais!!) deveriam entristecer um professor!!! Deveria ser proibido matar nossos mais lindos sonhos!
E por aí vai, meus amigos: uma infinidade de questionamentos, um turbilhão de indignações!
Mas a história não acaba aqui. Ao contrário, ela apenas começou! Fui convidada por três jornais de minha cidade para escrever em colunas semanais e só não aceitei ainda por falta absoluta de tempo! Quem sabe chegou a hora???

Beijos a todos!

E...

Aos alunos tão queridos que me apoiaram, estiveram junto comigo, com amor pleno, sincero, do fundo de seus corações!!! Obrigada, queridos. A bênção de Deus esteja sobre vocês!
Postar um comentário