segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Interpretação de texto





BAÚ VAZIO

Talvez na outra linha

Não tenho mais verbos, nem adjetivos, nem pronomes. Nem advérbios, nem preposições.

As orações ficaram todas insubordinadas e os substantivos indecentes.

Comecei a gritar pelas  frases feitas, mas elas não vieram porque sabem que eu não as suporto. Nem mesmo para substituir elas servem.

Clichês e chavões pairavam sobre minha pobre cabeça poética, desarrumada e (talvez) vazia.

Decidi que o ponto final seria meu conselheiro e os dois pontos concordaram:

.

By Lu Cavichioli

*****

Amiga,


Conforme havia prometido, eis a minha promessa cumprida...




INTERPRETAÇÃO DE (seu belo) TEXTO:



Alunos: 9º Ano do Ensino Fundamental e 1º a 3º Anos do Ensino Médio
Escola: Estadual Presidente Bernardes
Professoras:Denise Goulart, Marília Silva, Goretti Oliveira e Graça Lacerda

QUESTÕES


1. A autora Lu Cavichioli (SP) trata, com muito brilho e propriedade, de uma parte da Gramática Normativa da Língua Portuguesa. Que parte da gramática inspirou a autora, nesse texto? ______________________________________________


2. Utilizando-se de dois prefixos comuns - indicadores de antonímia - (figura que estabelece uma relação de sentido entre dois lexemas, ou seja, uma relação semântica de oposição), Lu Cavichioli reflete seu grito de vazio utilizando-se criativamente de dois adjetivos. Essas duas palavras são:


a)_________________________

b)_________________________

3. Com muita sutileza, há no texto indícios de que a autora pertence à restrita classe daqueles que possuem "classe", estilo, grandiloquencia. Que frase revela esta afirmação?__________________________________________________


4. Abstendo-se de valer de obviedades e das coisas corriqueiras da língua, o poeta vale-se de sua criatividade para escrever seus poemas. É sabido que o jogo de palavras e pensamentos configuram singularmente esse universo. Quais são as duas palavras usadas pela autora do texto para caracterizar o vazio, colocando sérios impedimentos à sua criatividade?


a)_________________________

b)_________________________

5. Lu Cavichioli fecha com maestria e originalidade seu poema. Encontre a figura de alegorias que isso representou para o fechamento do texto: _________________________________________________



*****

Sugestão de leitura e interpretação. Poderão ser acrescentadas outras questões.


7 comentários:

☆Lu Cavichioli disse...

Miga do céu.... PLOFT!
O que foi isso mesmo?.... Nossa eu to perplexa com essa surpresa/presente que recebo de braços abertos e MUITO, MAS MUITO FELIZ DA VIDA!

Estou comovida, lisonjeada e grata por inspirar uma interpretação de texto para seus alunos. Afff, nunca imaginei isso na minha vida, acredite!

Agradecimento às demais professoras:

Denise Goulart, Marília Silva e Goretti Oliveira.

E a você minha mestra, em especial OBRIGADA!

As perguntas formuladas(exatas sonoras),instigam os alunos a lerem novamente o texto analisando e acumulando ensinamentos - nossa, que barbaro miga! Estou sem palavras, embora já tenha falado muito aqui rs.

Eu amo interpretação de textos e saiba, era uma das matérias favoritas pra mim.

Desejo postar no Escritos na Memória, posso?

E... Logicamente guardar como documento resgistrado e carimbado. rs

Mil obrigadas!
ABRAÇÃO APERTADO!

:)

Lu Cavichioli

*AH, vou tentar responder as perguntas kkkkk
bem difíceis, affff!!

Maria das Graças Lacerda disse...

Oi, poetisa!

eu também não imaginei que você fosse se emocionar tanto assim...puxa vida, uma empolgação só, que bom!
Bem, é isso, Lu, que faço quando não desejo ensinar o que é dos outros, e tentar criar e formular minhas próprias questões para interpretação.
Na verdade, as amigas irão utilizar em suas aulas, mas fui eu mesma quem as formulou.
Tente sim, respondê-las e depois faça-me o favor de colocar aqui as respostas...rs
Claro que pode (e deve!) postar no Escritos, porque ando tão ausente, que meus amigos sumirammmmmmm
Agora, please, saia do msn e venha ler minha resposta.

Lu, é muito bom sair um pouco daquela correria em que me vi e estou envolvida e falar com você no msn (e simultaneamente no blog).
Bacios, cara amiga, seus poemas merecem um estudo até mais profundo.
Esteja com Deus!

Patty disse...

AI QUE LINDO, COMO SEMPRE NOSSA AMIGA LU ARRASA, MAS QUE FOFO E MTO LINDO ISSO GRAÇA, VC USAR O TEXTO DELA PARA OS ALUNOS, MUITO BOM, MTO LIDO.

ADORO PASSEAR AQUI.
BJS!

PATTY!

Maria das Graças Lacerda disse...

Patty,

que saudade de ti, minha amiga! E a nossa princesinha, está bem? Beijos pra ela, não esqueça.
No meu blog de teatro você me prometeu um selo...e tou aguardando até hoje, viu? Cadê meu selo com tua marca, menina?rs
Já vi tuas produções, Patty, e achei que aquela da escada com teu pai tá linda. O Photoshop é fácil, não é mesmo? E você está se saindo muito bem na arte! Parabéns!
Quando eu fiz pra você os Scraps da Ana Carolina, eu estava apenas começando, não sabia muita coisa ainda, e você já me dizia naquela época que um dia ia praticar, lembra? E você tem o dom! Continue!...É muito bom.
Veja, se quiser, meu blog onde eu coloco os Scraps que faço sob encomenda: Botões e Anjos Mimos.
Patty, tenho saudade do Proezas, ele ainda está aberto? Ou vc fez como a Lu..."colocou pra dormir"'...rs

Amei tua vinda, Patty! Não foge mais, ok? Eu ando estudando muito, mas me formo logo, e volto, como antes.
Beijos, saudade mesmo!

INTEGRAL DE MIM E DE MEU TEMPO disse...

Estou embasbacado...primeiro pela beleza do poema. Lindo, cheio de figuras de estilo.
Depois, pelas questões:
- Didática impecável;
- Questões que obrigam o aluno a entrar no texto e tentar captar as idéias (com acento!) da poeta;
- Questões feitas por quem tem excepcional domínio da língua portuguesa;
- Esses alunos são privilegiadíssimos por terem uma professor adesse nível.
Beijos Maria das Graçs... qualquer dia volto a Pouso Alegre.

INTEGRAL DE MIM E DE MEU TEMPO disse...

Obrigado pelas visitas e pelos ensinamentos.... meu público agradece uma comentarista desse nível.

Maria das Graças Lacerda disse...

Marco,

Que comentário maravilhoso, meu querido amigo! Você, sim, prima pela excelência em tudo.
Obrigada pelas presenças!
Estarei sempre por lá, também!