nnn

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Série - Bibliotecas XIV


Carro-Biblioteca continua seleção de nova comunidade em 2013

O objetivo é levar informação e cultura aos moradores dos bairros de Belo Horizonte e Região Metropolitana
Divulgação
A biblioteca móvel foi adaptada em um caminhão baú e permite o acondicionamento de um acervo aproximado de 3.500 livros

A Biblioteca móvel foi adaptada em um caminhão baú e permite o acondicionamento de um acervo aproximado de 3.500 livros.
O serviço de extensão Carro-Biblioteca, oferecido pela Secretaria de Estado de Cultura (SEC), está com processo seletivo aberto para a escolha de nova comunidade a ser atendida pelo projeto. Em dezembro próximo, o Carro-Biblioteca deixará de atender o bairro Vila Pinho e procura uma comunidade substituta.
Na nova localidade, o serviço está programado para iniciar em janeiro de 2013, às terças-feiras, a cada 14 dias. As lideranças interessadas devem entrar em contato com a coordenação através dos telefones (31)3269-1204 e (31)3269-1221 ou pelo email cb.sub@cultura.mg.gov.br.
Para participar da seleção, serão considerados os seguintes critérios:
• Índice de vulnerabilidade social e indicadores das dimensões econômicas, cultural e de segurança de sobrevivência (dados da PBH);
• Capacidade de mobilização da comunidade;
• Carência de atividades e serviços culturais na região;
• Não ter sido atendido pelo Carro-Biblioteca da Secretaria de Estado de Cultura;
• Oferecer infraestrutura básica para o atendimento.
Vale salientar que o Carro-Biblioteca busca áreas da comunidade onde há maior circulação de pessoas, como postos de saúde, centros esportivos, praças e associação de bairro.

Serviço Carro-Biblioteca
O serviço Carro-Biblioteca foi criado em 1960 e, desde então, funciona com o objetivo de levar informação e cultura aos moradores dos bairros de Belo Horizonte e Região Metropolitana que não possuem bibliotecas ou equipamentos culturais, ressaltando, assim, a leitura como um direito do cidadão.
A biblioteca móvel foi adaptada em um caminhão baú e permite o acondicionamento de um acervo aproximado de 3.500 livros e de cerca de 40 títulos de revistas. São disponibilizados títulos dos mais variados gêneros, tais como autoajuda, religião, filosofia, biografias, enciclopédias, ciências, história, entre outros, com ênfase em obras de literatura para adultos, jovens e crianças. Tanto os livros quanto as revistas são emprestados aos leitores por um prazo de 14 dias.
O Carro-Biblioteca oferece as seguintes formas de atendimento: empréstimo domiciliar (3 livros e 2 revistas por um período de 14 dias); auxílio à pesquisa (orientação quanto ao uso de enciclopédias, dicionários, almanaques e obras informativas); consulta local ao acervo (livros, jornais, revistas, enciclopédias). 
O serviço atende as comunidades de 9h às 12h, nos dias úteis, gratuitamente.
(fonte: aqui).

*****

Esse é um Projeto que poderia muito bem se extender a todas as cidades mineiras!...Ou, quando não, ser perfeitamente copiado pelos senhores prefeitos e/ou autoridades municipais, ONGs, Empresas ou outra  entidade interessada...
Uma bela iniciativa!
Beijos,

Postar um comentário