sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Série - Natal - Tudo que você queria saber (repostagem)

(Scrap para você!)


Parte I


A grande Noite do Ano...

Ah, já é quase Natal!!!

O que é mesmo que estamos comemorando?...

Arrumar o pinheiro, responder e enviar cartões de congratulações, a luta da vida, décimo terceiro, tia que briga (mais uma vez?) com o cunhado, nozes, peru, cerejas, bolas de vidro... encanto e deslumbramento.

Para uma criança, todas essas expectativas e brilhos, todo esse encantamento e sonhos são plausíveis e eu diria até que imprescindíveis, para que ela não venha a se tornar um adulto precoce.

Mas, e nós???
Como ficamos?
Como adultos, deveríamos tentar resgatar aquele velho e bom espírito dos nossos Natais da infância, porém com sabedoria e gênio.

Como assim, gênio?...
O verdadeiro espírito do Natal, que é união, celebração, bondade, perdão, confraternização...
E segundo umas amigas minhas, 'uma verdadeira Noite Feliz pode ser muito mais fácil do que você imagina"... isso não é ser gênio? Aleluia!!!


GLÓRIA A DEUS NAS ALTURAS E PAZ NA TERRA AOS HOMENS DE BOA VONTADE!!!





Parte II

A Importância da Celebração


As festas são o meio que as pessoas de todos os tempos utilizam para contar suas histórias.
"Dizem que a natureza da alma de um povo se revela quando ele se reúne para celebrar".
Podemos e deveríamos celebrar TUDO! O Natal de verdade tem que ser aqui dentro - nascimento e recomeço - e, mesmo sozinhos e sem família, ou se temos mas ela não é assim aquele primor de 'paz e amor', ainda assim devemos celebrar!!!
"Quem celebra, supera", e isso é mágico!!!
Você se lembra daquela sensação de quando era criança e via alguma coisa pela primeira vez? Era uma mistura de alegria com excitação e confiança na vida tão grandes que gostaria de repetir, não é mesmo assim?
E isto é totalmente possível hoje, pois estar vivo é comemorar essa magia!!!


Parte III


Parte IV



Parte V

"ONDE ESTIVEREM DOIS OU TRÊS REUNIDOS EM MEU NOME, EU ESTAREI LÁ ENTRE ELES".


Nota: as partes V e VI  - infelizmente - desapareceram dos Botões:

Parte V

O Natal pelo Mundo

Parte VI

A Flor da Noite Feliz




Parte VII




Veja também a bela Série:








12 comentários:

Leonel disse...

A celebração do Natal está bastante enraizada na cultura ocidental.
Mas, na maioria dos casos, a origem religiosa, que seria a comemoração do aniversário de Jesus Cristo, quase passa desapercebida, com tantos interesses comerciais envolvidos.
Para mim, particularmente, esta data não traz boas recordações...
Mas, prefiro aproveitar a ocasião para me reunir às pessoas amigas e passar bons momentos...
Abraços, Graça!

R. R. Barcellos disse...

Está valendo essa repostagem, Graça... VALE
A PENA
VER
DE NOVO

Abraços.

INTEGRAL DE MIM E DE MEU TEMPO ! disse...

Querida amiga e abençoada artista-maga-artesã-arquiteta das palavras!
É mesmo um grande prazer vir aqui a esse blog. Aqui exala um perfume de ternura, com doçura, com lirismo, beleza, força e fé. O Natal é acima de tudo, um exercício de fé.
Conforme as virtudes teologais que Paulo nos deixa: Fé, Esperança e Caridade. Natal é tempo de fé, de esperança e caridade.
Te adoro amiga querida e incentivadora.
Que Deus te dê em triplo tudo que aqui você coloca ao alcance de nossos olhos e corações.
Palavras de amor, de carinho, de ternura, lirismo e romantismo.
Do amigo Marco Aurélio.
ELA agradece o poema deixado.... e manda-me dizer que a receita do bolinho será enviada !!!

Maria das Graças Lacerda disse...

Olá, Leonel!

O Natal, como vem sendo comemorado hoje em dia, como você bem afirma, em minha opinião logo, logo deixará de existir!
Muitos lembrarão o que, de fato, precisa, deve e é urgente ser lembrado - e resgatado: o Aniversário de Jesus.
Eu amo essa época do ano! Acho que dá até pra ver e sentir, não é?
Mas, para algumas pessoas, a época não traz mesmo muitas boas lembranças...o que é uma pena, porque é uma festa linda!
Abraços asteroidais, meu amigo!

Maria das Graças Lacerda disse...

Rodolfo,

Obrigada pela sempre nobre presença!
Ano passado você já esteve com seu comentário nesta postagem, para minha grande honra.
RR, saudações natalinas antecipadas, meu caro!
Sim, vale a pena. Sempre vale. É viver novamente!

Maria das Graças Lacerda disse...

Marco,

querido amigo!!!!
que bom que você se sente assim, quando vem aqui...
Amém! Deus já ouviu as suas preces, porque Ele reconhece quando são puras e vindas de um coração generoso, grandioso e terno como é o seu!
Eu também já gosto muito de ti!
Conte sempre comigo, farei o que me for possível e o impossível a gente pede ajuda ao Pai.
Um abraço grande, Marco Aurélio, e diga a Ela que aguardo ansiosa a receita do bolinho (e já estou aqui com água na boca)...rs

Severa Cabral(escritora) disse...

Desejos de um lindo domingo!!!!!
Belo desejo...escrita sincera e inspiradora...
Um encanto para nossos corações!!
Beijos mil,
Deus lhe abençoe e aos seus,
Lindo e Abençoado Domingo!!

Maria das Graças Lacerda disse...

Oi, Severa!!

Severinha bela...
sua presença alegra esse espaço, minha linda amiga. Que bom que sempre apareces...
Bom domingo pra você também! E que bom que vc gostou de ler essas palavras, saídas do coração de alguém que ama essa época do ano: o Natal!
Obrigada pela visita.
Te gosto muito!

Silenciosamente ouvindo... disse...

Já se está sentindo o Natal...
Cheguei ao seu blogue atrvés
do intemporaldemim
e voltarei sempre que possa.
Saudações
Irene Alves

☆Lu Cavichioli disse...

Migaaa, naum sei se já viu, mas teu sapatinho está no Retratos. Eu fucei e garimpei e achei aquele a tua cara. Tomara que eu tenha acertado.

Ele é chiquérrimo,charmoso e calçaria teu pé elegantemente.

bacios amada!!

Maria das Graças Lacerda disse...

Irene,

grata pela presença, amiga.
Vou conhecer seu blog, aguarde!
Bjsss

Maria das Graças Lacerda disse...

Lu,

já fui lá e ameiiiiii

obrigada!!!!

bacioss