nnn

terça-feira, 1 de novembro de 2011

Mecanismo da Idolatria & Lexicoterapia


"As Escrituras Sagradas dizem que a fé das pessoas deve ser estimulada através da própria Palavra."

*****


A gentil pedido de meu amado e mui querido amigo Pr. Edson Carmo, Missionário, Filósofo, do blog homônimo Edson Carmo,  aceitei o desafio (com muito orgulho, muita garra e amor!) de fundir nossas ideias em uma única .........
Edson pediu-me uma pequena amostra de como ficaria a nossa união de ideias, que, na verdade, são semelhantes em suas origens e em seus objetivos! E aqui está essa amostra de como eu trabalharei seus preciosos textos em meu Adormecer & Acordar Palavras:

TEXTO:

O MECANISMO DA IDOLATRIA



Apenas Deus é Luz definitiva e permanente. Todo o resto é luz passageira. Olhe para uma vela acesa, ela é luz passageira; ela é usada enquanto chega a luz que não se apaga, a luz do Sol. É claro que existe a noite! Mas o que é à noite, se não o movimento onde a terra dar as costas ao Sol?

Os guias espirituais são velas acesas por Deus. E para que eles servem? Eles servem para clarear o caminho, possibilitando que o buscador chegue até a porta onde está a Luz definitiva que é Deus.

Imagine uma casa bem grande, completamente escura, cheia de objetos cortantes, cobras venenosas, escorpiões, aranhas caranguejeiras, todos os tipos de abísmos e perigos mortais. Qual a possibilidade de sobrevivência nela? Nenhuma! Mas se houvesse luz – esse fenômeno que permite enxergar – a possibilidade de sobrevivência e escape seria existencial.
Bem, essa casa simboliza o mundo dos homens. Nele há muitos perigos e também muitas mortes – todos os tipos de mortes! Então Deus para ajudar os homens a saírem desta casa, vem sobre alguns deles e acende uma luz em suas cabeças. Esses homens iluminados são chamados profetas, guias do povo.

Mas o povo não entende a função das velas, dos guias, e também não querem sair da casa. Então o que eles fazem? Eles fazem do fogo as suas armas para tanger as cobras, as aranhas e os escorpiões; usam o fogo para enxergar os abismos e também os objetos cortantes. Eles estão em estado de sobrevivência, mas não conhecem a Vida Abundante.

Assim, o fogo da vela passa a ser idolatrado, cultuado... Olhe para esse mundo, quanta romaria, quanta idolatria, quantos tipos de cultos, quanta ilusão!

Meu conselho é esse: utilize a vela apenas até chegar a porta que da saída do escuro e acesso ao Sol que brilha do lado de fora da casa. Se você passar por essa porta, então verás que a vela dali para frente é desnecessária. Portanto não se apegue a luz passageira, você não tem que viver nessa casa perigosa e sombria. Escolha a luz de Deus. Disse Jesus Cristo: “Eu sou a porta, se alguém entrar por mim salvar-se-á...”

   















Início dos Trabalhos:


1.Faixa etária(para perfeita compreensão da profundidade da mensagem/contéudo integral do texto, bem como para a facilidade de se colocar em prática as vivências encerradas)


2. Onde:
Nas escolas: a partir do oitavo/nono ano (sétima/oitava série antiga)
Nas comunidades: ONGS com adultos e jovens
Nas famílias: todos os membros 


3. Quando:


A qualquer tempo, em todo momento é hora benéfica para se implantar um pequeno Projeto cujo objetivo é a não-violência, e cuja filosofia e doutrinação sejam o Amor e a Vida abundante, de que nos fala, ensina e exorta a "buscar" o querido e único Mestre Jesus. 


A - Leitura do texto (na comunidade em questão)


B - Levantamento das Palavras e expressões contidas no texto:


a) Que palavras Acordar


b) Que palavras Adormecer




a) Deverão ser Acordadas: 


- Deus  
- Luz
- Sol  
- guias espirituais 
- vela acesa 
- clarear 
- Luz definitiva 
- buscador (eu/você) 
- sobrevivência (com luz) 
- casa (mundo dos homens)
- Deus acende uma luz
- homens iluminados (profetas/guias do povo)
- fogo da vela para conhecer a Vida Abundante (não apenas para enxergar abismos)
- Utilizar a vela para chegar até à porta que dá acesso ao Sol (que brilha do lado de fora)
- Escolher a Luz de Deus


*****
b) Deverão ser Adormecidas:


- casa grande e escura
- objetos cortantes
- cobras venenosas
- escorpiões
- aranhas caranguejeiras 
- abismos
- perigos mortais
- sobrevivência (sem luz)
- Homens não entendem a função das velas (guias, profetas)
- Homens não querem sair de (da) casa (seu mundo/zona de conforto)
- utilizam o fogo (luz) para combater cobras, objetos cortantes e enxergar os abismos (sobrevivência)
- fogo da vela cultuado
- idolatria
- apego à luz passageira
- romarias (ilusão)
- Vela desnecessária



*Nota: esta etapa foi realizada por mim, para efeito de amostra, porém quem deverá realizá-la são os membros da comunidade.


*****


C - Realizada esta primeira etapa, agora é o momento das Cartas. Cada membro da comunidade (escola, ONG, família...) irá ter seu tempo hábil para redigir uma carta a seu colega, vizinho, familiar, guia espiritual...de forma que ADORMEÇA para ele/ela palavras/expressões negativas (coluna b) e faça ACORDAR para ele/ela as palavras/expressões positivas que estão na coluna a).
Ao receber a carta, a pessoa deverá fazer circular outra, de sua autoria, para um segundo destinatário, e assim por diante, até o prazo estipulado pelo coordenador do Projeto.
Aqui, vale criatividade, desenho, toda sorte de ilustração possível.


*****


D - Onde mais a idolatria?




E - Prática


*Nota: Como parte prática, entende-se uma verdadeira gama de intermináveis criações da coordenação, visto que o Projeto permite esse leque de atividades interativas, a fim de 
propor discussões/reflexões sobre o assunto em questão.


Exemplos:


1.Levar os membros a perceberem que a vela acesa  ajuda a combater todos esses males - drogas, bebidas, fama, sexo, dinheiro - porém deve ir além:  fazer com que o homem a utilize para um fim transcendental, o de ultrapassar a "porta" e ver o Sol que está lá fora, fora da sua casa - fora de seu mundo.


2. Os jovens poderão, certamente, citar a mídia, que tem feito um trabalho de endeusamento de cantores/cantoras/ ou pregadores/pregadoras do Evangelho, fazendo surgir uma verdadeira "plêiade de ídolos" na atualidade, que forçoso é para eles (jovens) resistir a seguir seus exemplos e modo de vida, como se suas palavras fossem ordens e seus conceitos, verdades supremas, conforme afirma o Pr. Alexandre Faustino.
"São pessoas que recebem dos seus fãs, tal como acontece no mundo secular: atenção, honras e reverências que se enquadram nos conceitos de idolatria.", diz ele.

3. Outros poderão se lembrar das imagens de escultura...

Isaías 42.8 diz: “Eu sou o SENHOR; este é o meu nome; a minha glória, pois, a outrem não darei, nem o meu louvor, as imagens de escultura.”


Êxodo 20.3 e 4 diz: “Não terás outros deuses diante de mim. Não farás para ti imagem de escultura, nem semelhança alguma do que há em cima nos céus , nem embaixo na terra, nem nas águas debaixo da terra”.

4. Culminância


Todo momento da culminância desse Projeto, é coroado de pura alegria! Não há jamais como prever como se delinearão os momentos finais do Lexicoterapia! Aos adultos, é aconselhado amorosamente que não o deixe morrer/adormecer! Aos jovens, que procurem colocar no cotidiano, em suas vidas, todas as lições e vivências aprendidas, e levem adiante, ao mundo dos adultos, em suas escolas, no seu trabalho! Façam crescer, façam multiplicar.

*****

Enfim, sabemos que as Escrituras Sagradas dizem que a fé das pessoas deve ser estimulada através da própria Palavra


Fazer com que todos possam "banquetear-se" da Palavra de Deus, assim como fez Jeremias...






Ezequiel 44.23 diz: “E a meu povo ensinarão a distinguir entre o santo e o profano e o farão discernir entre o impuro e o puro”.


O Projeto  Lexicoterapia - Adormecer & Acordar Palavras tem esse fundamento cristão: a distinção entre o que é de Deus e o que não é de Deus. No serviço a Deus não podemos ter um coração idólatra!




Edson, aqui está uma pequena amostra do que poderemos trabalhar juntos, você e eu, com alunos, comunidades, famílias! Não é tudo que podemos trabalhar, acho que ainda nem começamos! Sempre, Glórias.
Obrigada pelo desafio, cuja palavra para demonstrar minha gratidão é simplesmente muito obrigada! Espero sinceramente ter correspondido ao seu apelo...
E estou certíssima de que a Prevenção da Violência/Conscientização para a Luz Verdadeira reside aqui, caríssimo Mestre Edson: em nossas mãos! 
É interminável esse Projeto!!!
Como nosso Deus.

Com a alegria dos Santos,


Postar um comentário