nnn

domingo, 31 de julho de 2011

Projeto Blogueiro Profissional Amigo entra em Ação!






(www.etsy.com/greenpineforest/raceytay)
Minha amiga Elaine, do blog A Fênix que renasce é uma poetisa excelente, mas estuda para aprimorar ainda mais os seus versos. Elaine é uma estudiosa, e me pediu em comentário essa ajuda, o que faço com o maior amor a essa menina que conheço há tempos, fugiu um pouco, mas está retornando. Ela sabe o quanto a amo! E a convido, então,  para um passeio comigo, na bela estrada da VERSIFICAÇÃO!
Eis aqui as dúvidas da Elaine: 
"Graça, muito obrigada pelo carinho, muito obrigada mesmo. De verdade, de coração. Eu sumi e estou sentindo que algumas pessoas se afastaram... É a vida... surgem outras coisas, outras pessoas, amizades etc. 

Mas, apesar de tudo, do meu sumiço e silêncio, você ainda me trata de forma tão carinhosa e especial... E isso não tem preço.

Sobre versificação, eu realmente estou cheia de dúvidas! (risos) Graça do Céu, como é difícil achar um bom livro de métrica na Internet! Achei uns bem antigos e que não abordavam tanto a questão do ritmo (que era o meu interesse principal). Aí achei o de Glauco Mattoso (SENSACIONAL!!). Na Net, está como "O Sexo do Verso", nas livrarias, está como "Tratado de Versificação" se não me engano.

No entanto, fiquei com dúvidas, sim. À medida que vamos fazendo os versos, surgem situações específicas... e estou insegura a respeito da sinalefa, da junção das terminações vocálicas entre as palavras. Vou dar uma olhada no meu caderno e depois volto para falar a respeito. Só uma pergunta: isso não vai atrapalhá-la em nada? Porque sei que tempo é um recurso escasso...

De qualquer forma, eu lhe agradeço muito por tudo!

Beijos!
31 de julho de 2011 08:44

Blogger Elaine Regina disse...
Ói eu aqui de novo! :)

Graça, eu vou ser concisa nas dúvidas para não tomar tanto o seu tempo, viu? Bem, se houver algum e-mail seu para o qual eu posso mandar algumas questões (simples e curtas também), eu ficaria muito contente.

Bem, vamos lá:
A sinalefa ocorre sempre com átona + átona (eu me refiro às vogais no final e início dos vocábulos).

Pelo que entendi:

átona + átona (ocorre sempre)

átona + tônica (ocorre sempre)

tônica + tônica (nunca - mas o poeta, dependendo da situação, pode unir duas tônicas... Camões chegou a fazer isso, e o mesmo tipo de licença se aplica às primeiras duas situações acima expostas, nas quais o poeta para manter o metro pode optar pela dialefa)

Aí vem a minha dúvida:
A junção tônica + átona ocorre em que situações afinal?!


Porque eu vi separado:

É- u-ma
Já -u-ma (Luis Delfino = LD)
Tu -u-ma (LD)
Há -u-ma (LD)
É - um (LD)

Junto:

es-TÁ U-ma (Camões)
É U-ma ho-ra -fe-liz... (Vicente de Carvalho)
DÁ U-ma- ri-sa-da

Outros exemplos...

Junto:
É A -coisa mais linda
Seis sílabas - É O - dado

Separado:

On-de -mor-RI, -E-xis-to
VI- O remorso distante
Porque sozinho vou a-tÉ- I-có
Pre-VI -EM -tor-no...


Então, minha primeira dúvida é essa: quando um vocábulo termina em vogal TÔNICA e o próximo inicia com ÁTONA quando eu mantenho os dois na mesma sílaba métrica? O mesmo em relação aos vocábulos terminados em ditongos... os poetas me deixaram tonta...


Ditongo

Separado

cai - ao vento...
vai-imaginárias
mão-entre os negros
para o céu - e não vê nada
impõe- o seu domínio
passou.- A carne nova...
Botei- a turma toda...
teu-amor...

Junto

Ser tua fê - MEA, ES- tar sempre...
Ter da volú-PIA UM -caudaloso rio
inteligên- CIA AR - guta
demô -NIO A- legre
falá -CIA ES - perta
pá -TRIA A -mada

Minha segunda dúvida é essa, Graça: quando o vocábulo é terminado em ditongo quando eu devo fazer sinalefa? Quais são os critérios?

Se você me tirar essas duas dúvidas, serei muito grata, muito mesmo. Graça, se tiver apostilas digitais, bons autores/livros para me indicar, eu vou ficar tão feliz! Help me!

Ai, obrigada! E desculpe-me pelo abuso.

Beijos!
31 de julho de 2011 11:06

Blogger Elaine Regina disse...
Ô, Graça, eu juro que pesquisei exaustivamente sobre tudo isso na Internet (porque, por enquanto, não tenho condições de comprar livros...), mas não achei quase nada a respeito dessas minhas dúvidas. Pelo menos nada claro e didático, só uma verdadeira "salada de frutas" confusa... O melhor livro que achei foi o do Glauco Mattoso mesmo. Mas é impossível que apenas uma fonte tire todas as minhas possíveis dúvidas. É um livro bastante completo mas não abarca tudo e nem poderia.


Não queria ser chata, mas já sendo... Gostaria de achar um livro explicando os "moldes" de poesias metrificadas. Queria saber quais os formatos de poemas que posso usar, considerando-se a métrica. Já uso o soneto e a sextilha (esta última, segundo Mattoso, não tem número fixo de sílabas, só de versos)... mas sei que há muitos outros formatos que apresentam características bem específicas, como a ode, a elegia etc. Pesquisei na Net e achei tudo muito vago. Queria um livro que me explicasse direito: "esse formato tem tantas estrofes, com x número de versos cada uma, e cada verso deve ter x sílabas métricas... os temas tratados nesse molde geralmente são..."

Existe algo assim por aí?

Beijos e, mais uma vez, OBRIGADA!
Graça, obrigada mesmo.

Prometo que não vou ficar sempre no seu pé para tirar dúvidas, não. Eu estou acostumada a correr atrás das coisas com meus próprios esforços. Na minha vida, nunca tive nada de mão beijada. Nada.

Em relação a tudo que mencionei nesses comentários, já pesquisei muito. Tenho em formato digital: "A Arte de fazer versos" (Duque Estrada... verdadeiro achado...)", "Tratado de versificação" (Olavo Bilac), "Versos, sons e ritmos" (Norma Goldstein), "O sexo do verso" (Glauco Mattoso). Isso sem mencionar os inúmeros sites que já acessei...

Tenho me esforçado verdadeiramente para estudar. Não tenha dúvidas disso. A poesia é a minha vida. Vai estar ajudando uma pessoa que tem um interesse sólido e sincero...

Beijos!"
31 de julho de 2011 11:27

(www.etsy.com/thewhiteness/ancagrey)
Minhas respostas iniciais para você, Elaine:
Entrando em ação o
BLOGUEIRO PROFISSIONAL AMIGO
rsrs
Calma, menina! Vamos devagar, que você vai aprender muito mais rápido!
Deixe aqui seu e-mail, para eu poder te enviar as primeiras respostas.
Vale adiantar que o verso em nosso idioma é de ritmo 'intensivo', diferente do ritmo 'quantitativo' das línguas clássicas, tais como o grego e o latim. Nossa língua possui ritmo grave, e todas essas licenças poéticas são, a princípio,  por recurso de estilística métrica, questão de 'eufonia', isto é, quando der pra você pronunciar com cadência, sem sofrimento, e ainda para ajustes na contagem das sílabas. Isso, eu sei que você já sabe. Um dos segredos é você pronunciar, e tônica + átona é questão de eufonia e de contagem das sílabas, só isso! O poeta é que decide, na hora de compor os versos.Veja:
On-de-mor-RI,-E-xis-to
(as sílabas -RI e -E não podem vir juntas apenas por questão de eufonia..procure pronunciá-las junto, não consegue) e assim, os exemplos que você colocou.
Agora, pronuncie:
É- A -coi-sa- mais - lin-da
A sílaba '-É' quase que desaparece! você pode pronunciar junto com a outra: '-A', dando cadência e ritmo ao verso, que vai possuir então 5 (cinco) sílabas métricas. 
Porém...
Porém...
Se os versos restantes da estrofe contivessem 6 (seis) sílabas métricas, aí, sim, você contaria as sílabas -É e -A separadamente, para contar seis sílabas métricas. Daí as chamadas licenças poéticas...
Não se afobe tanto, viu? Vale muito a espontaneidade, a hora em que o poema é criado! 
Vou enviar mais detalhes, com exemplos fáceis. Aguarde. Deixe então seu e-mail, ou veja o meu, na sidebar desse blog.
Beijos grandes!!
*Claro que o que estou dizendo aqui é para efeito didático e de fácil entendimento, sem complicações com os termos difíceis que esse assunto traz. Isso é para outro momento.


quinta-feira, 21 de julho de 2011

Até à volta!

Amados,

deixo-lhes esses dois cartões (que me foram encomendados), para apreciação, reflexão e, se desejarem podem levar consigo também!







Assim como o * Lexicoterapi@ - Excelência Humana para o século XXI , (Adormecer e Acordar Palavras (c)), minha Arte Digital também está rompendo fronteiras...e isso muito me alegra e honra, uma vez que não sou formada nessa arte, não possuo nenhum diploma ou registro profissional na área! Apenas interessada, amante e  curiosa!
E creio que esse dom natural poderá contribuir também para o Projeto Blogueiro Profissional Amigo.
Será um prazer imenso.
Até agosto! Vou curtir minhas (pequeninas) férias, e voltarei renovada, em nome do meu Amor Maior, Jesus de Nazaré! Aproveitarei ainda para colaborar nas missões de minha Igreja, o que não tenho tido tempo hábil realizar, de modo mais efetivo e presencial, devido às escolas. Vou aproveitar também para desenferrujar meus dotes de "estilismo"... pois vou ensinar noções de Moda no Projeto Jovem Aprendiz - fazendo, com isso, acordar  meu curso há muito tempo adormecido.
Estejam com Deus, meus queridos, saúde a todos, e até lá, amigos!!!

Beijos grandes,


Projeto que já possui nome científico, já saiu dos muros de nossa cidade, voou nas asas de uma linda gaivota, e pousou nos belos estados do Paraná e Rio de Janeiro, e foi ainda mais longe, aos campos de Portugal e Argentina, e irá, ainda além, viajando em poesia e sonhos, ou quem sabe, em pensamento.



NOTA: a "brincadeira da bolsa" continua, na postagem imediatamente abaixo...participe!!!

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Looking into handbags...

Amigas!

Sim, esse é um post para mulheres...mas cavalheiros também poderão opinar, dar pitacos, bisbilhotar...

Fiquei sabendo que a Revista americana YellowWoman Magazine, em seu exemplar "Week ending" de 20 de Julho de 1957

(imgv.amethyst)

realizou num pequeno artigo, assinado por Verônica Scott, uma proposta brincadeira para as moçoilas da época:

LOOKING INTO HANDBAGS

"o lado reversível das coisas"...

(imgv.amethyst)

ONCE TO EVERY GIRL
complete story
And inside ...


que consiste em enumerar quantas e quais são as "tranqueirinhas" que você está levando hoje dentro de sua linda e maravilhosa e pesada bolsa...

Por coincidência, era justamente isso que eu estava fazendo ontem e hoje!

Conte-me  as suas e depois eu prometo que revelo as minhas...

Alguém se habilita???

Beijos, e até lá.

Nota: Se desejar, veja aqui interessante História das bolsas, desde os seus primórdios.

segunda-feira, 18 de julho de 2011

Duas em uma



(img:thealterdepagening-angelaholt's)
Parte I


Rodolfo Barcellos, poeta Maior, fez esse comentário na postagem abaixo, onde analiso a obra Re(cantos) de  Mim, da amiga e escritora Lu Cavichioli.
São palavras que valem um post...
É apreciar ou apreciar! Eis o Soneto:




Por três vezes iniciei um comentário.
Por três vezes apaguei-o, descontente;
Porém não me quedarei indiferente
Às belezas deste novo relicário,

Cujo acervo, bela Graça, recolheste
Nos Recantos da nossa amiga Lu;
Nas palavras tão sublimes que nos deste,
Escolhidas pela mestra que és tu.

Garimpaste tantas pedras preciosas
Que em quilates de lirismo são medidas
Na bateia de teu saber literário;

De tais gemas fazes jóias valiosas,
Tão brilhantes, tão formosas, tão queridas,
Que merecem um soneto em comentário.





Viram que sonho?...Obrigada, Barcellos!




(imgparadecoupage)


Parte II


Minha outra amiga, aliás minha segunda amiga seguidora nesses dois anos dos Botões, com quem estreitei amizade para além dos "blogspots", houve por bem homenagear-me de forma tão rica e doce, que prometi a ela colocaria sua homenagem de niver dos Botões aqui, posteriormente, o que faço com agora, com a mesma alegria com que recebi e li sua postagem!!


Desejando ver, está imperdível, clique em:


http://quintaldapaula.blogspot.com/search/label/devaneios


Vale a pena conhecer a Paula Mello e seu quintal encantador, rico em sabedoria e cultura!


Uma semana deliciosa para todos!!!

quinta-feira, 14 de julho de 2011

Re(cantos) de mim: um breve olhar

(imagem:alteredpagening)

Lu, poetiza querida,

tudo que gostaria de dizer a respeito de seus belíssimos poemas está justamente em eles encerrarem uma Virtude que  na verdade desses meus anos (mãos dadas com a Literatura), jamais vi uma coletânea como a do Re(cantos)!!
Uma riqueza inigualável!  Com recursos linguísticos e estilísticos incríveis, você impressiona e emociona o leitor! 
E comprovarei minha tese, numa análise rápida : de um modo geral, poemas modernistas em sua maioria - versos livres e soltos como os seus - e ainda  os poemas concretos (que aboliram propositalmente laços sintáticos)...todos possuem um acervo de palavras carregadas de concretude, frieza, e não ousaria afirmar, destituídos de todo de emoção. 
Mas você, não, Lu Cavichioli. Seu acervo de palavras é de uma leveza ímpar, bem escolhido no fundo dessa tua alma suave,  que conferem BRILHO  e ILUMINAÇÃO a seus versos:

pérolas
perfume
anil
aquarela
madrepérola
luminária
prata
estrelas
plumas
vinho
espuma
emoção
crisálida
arabescos
ladrilho
sinfonias
giz
jardim
solstício
névoa
véus
fluidos
bruxas
fadas
pôr do sol
flutuações
colorê
cantigas
segredos
nuance
algodão doce
serenata
templos
cetim
canção
vozes
cantiga
sonata
floresta
porcelana
campos de verão

O que são essas palavras, senão suavidade e leveza??? O valor semântico desse acervo, embora em contextos diferenciados e  colocados graciosamente em capítulos, teceram, talvez sem você saber,  uma linda e maravilhosa COLCHA DE RETALHOS chamada Re(cantos) de Mim!!  Acetinada, bordada, com flores e matizes da mais fina seda e da mais requintada laise importada, de dentro do seu âmago cantante. Foste buscar o mais fino linho dourado para tecer esses versos!
Parabéns, e muito obrigada por promover um concurso entre amigos como forma gentil de presentear esse teu 'livro-obra de arte' envolvente e única.
Não preciso dizer que aprendo muito com você!

Beijos líricos (porque minha alma canta),
Graça Lacerda


quarta-feira, 6 de julho de 2011

Iuuuuuuupiiiiiiii!! Chegou!!!



(Correios:
Abençoados sejam.)


Meus amados amigos,

finalmente a mocinha do correio entregou-me (hoje!) meu prêmio tão aguardado! Um  doce, pra quem adivinhar o que é!
Bom, como quase todos já devem saber, eu também participei do desafio poético da amiga Lu Cavichioli, em seu blog Escritos na Memória e fui uma das contempladas!!
O Rodolfo Barcellos foi um dos felizardos e já fez também uma postagem em seu blog Sete Ramos de Oliveira, explicando tudinho como se deu o Concurso.

Bem, a Lu pediu uma imagem a fim de ilustrar a nossa criação artística de transformar um poema de sua autoria em um texto poético.E eu, como sou scraper de araque, fiz esta: "Se tem fome, dá-lhe de comer"





E aqui estou, feliz da vida!
******

Pois bem, eis o poema da Lu:

Quando o Camaleão tem Fome

Na alegoria das cores
ouso trocar minha roupa,
dançando sobre
metarmofoses do mimetismo.

No país das árvores
filhas do pau-brasil,
insetos fossilizados
não bastam...

Línguas continuam
vazias....

Barrigas órfãs!



*********


E o meu texto, procurando conservar a essência do poema:


Re(solução)

Parte I

É preciso dançar e bailar...rodopiar na ponta dos pés...É preciso andar nas nuvens, cantar com as crianças, nadar em mares bravios, lançar mão de sonhos antigos,reconsiderar amores perdidos, jogar fora correntes... pra que o discurso não fique vazio, e a fome não seja imperativa, e os ventres famintos possam deixar a orfandade e encontrar seu verdadeiro destino...e que encontrem novamente a eterna magia de Amar !

É necessário (eurgente!) pudor! é hora de realizar aquilo que para o crente pertence ao mundo da esperada alegria... e da extinta esperança! Da leal amizade e da gentil fraternidade!

Camaleão amigo, alma de escol que tu és, troca tuas fraldas decriança pelas vestes e armaduras do alpinista! Muda suavemente tuas vestes e (re)veste-te de ouro agora, e por todo o sempre... pois a alquimia já foiconvocada a participar desta festa – régia e majestosa – na redenção escatológica do ReinoHumano! Modifica saberes e óticas, reintegra ainda uma vez os átomos, que antes de tudo alquimia é Arte. Completa. E realizada a obra, mistura os ingredientes mais nobres. Dignamente. Na solução perfeita!

...Há que se ter apenas coragem e fibra para nortear e empreender o perigosocaminho !...


Parte II
Na teia desta floresta, carregada de paus-brasis, alquimia emimetismo se misturam, sutis...e se fundem, mãos dadas, lado a lado, na missão etérea de dar do que comer ao último dos Camaleões. Faminto. Apenas e tão-somente do último dos ingredientes...cognome Amor.
***********



Ai querida!!


estou muito feliz, e para provar essa alegria esfuziante, fiz uns scraps com  a tua obra.  Depois vou colocar aqui as impressões dos poemas e as interpretações feitas, aguarde!




Esse que está embaixo do seu, é o livro que eu estava lendo para me distrair, enquanto esperava o seu: Contatos para a vida inteira...viu como tudo  está interligado, amiga??




Com ilustrações da Cy!!! Uma graça!


Sua eterna amiga pro que der e vier,
Graça Lacerda

segunda-feira, 4 de julho de 2011

Pós-festa...


Lu,
...
a imagem e seu lindo Poemini falaram por mim, minha querida!! É a "minha cara, a minha essência" como você afirmou.
Não acrescentarei mais nada, em palavras...
Mil vezes obrigada, minha amiga!! 
Foi uma alegria enorme receber os amigos em casa!!!
A todos os lindos que aceitaram meu convite e compareceram, meu agradecimento a vocês está na postagem do Evento! Muito obrigada é muito pouco...
************


E para quem ainda chegar para a festa, um tanto atrasadinha (o) porque 'o trânsito congestionou, a viagem foi longa e cansativa, estava  na Europa em  Congresso'...rs


é só passar para o Saguão Madrepérola, no pavimento contíguo...vem comigo.


Beeijos!!




sexta-feira, 1 de julho de 2011

NIVER DOS BOTÕES








Amados!



Antes de tudo, meu pensamento eleva-se a Deus, o Criador, num eterno agradecimento à 


VIDA! À minha vida e à sua vida!!


Que grande alegria ver hoje você aqui, colaborando pra festa ser ainda mais alegre e 


divertida !! Nada de muitas palavras, apenas meu  MUITO OBRIGADA, por esses dois anos 


de grata convivência aqui, com TODOS vocês!!!


PARABÉNS A VOCÊ, que nunca me deixou...


PARABÉNS A VOCÊ, que foi necessário me deixar...


PARABÉNS A VOCÊ, que acaba de chegar...


Celebre comigo a ventura de tê-los conhecido e amado!!!


Quero que saiba que, para mim, meu querido, a verdadeira amizade é aquela que não pede nada 


em troca, a não ser o próprio amigo!!! Você esteve presente e isso é o que importa.


Entre, sirva-se do melhor que preparei pra você, porque em minha vida VOCÊ tem sido o 


melhor!


DIVIRTAM-SE!!!

Beijos meus!


Graça Lacerda



Vamos à nossa mesa da festa!!


Mas antes, escolha sua opção... ligue o SOM, POR 


FAVOR...AÍ DO LADO. Comemore comigo ao Estilo 


Vintage...


Ritmo anos 50...rs


Anos mais que Dourados...

Vamos cantar Parabéns!!!
-Para os Botões naaaaaaada...


- Tudoooooooooo


- E para vocês, nada???


- TUDOOOOOO!!!










- Tim- tim...
*******
Agora, ME DEEM LICENÇA CAVALHEIROS PRESENTES, que 'preciso' mostrar às minhas 


amigas meu lindo visual...não estou igualzinha à 
plebeia???rs


isso mesmo, morram de inveja...os homens já devem estar babando...


Mas posso emprestar pra vocês, amigas! É chiquetézimo...


Venham comigo.. e fiquem à vontade...logo mais à noite, teremos  o Baile. Vamos dançar dois a dois ou rock leve... De época. 


tem aqui uns cupcakes de encher os olhos...e dar água na boca!!!








Uns docinhos...




Um bolinho de chocolate...pros amantes da dieta...rs

Cada um pode pegar sua taça...que já vem a brêja...ops...o guaraná e a Coca!!!
A brêja????mas onde tão as crianças??? 
-'Sirva-se, com moderação'...

- Acho que a Dulce falou de trazer os "kids"...Dulce, cadê os kids?? 
Pra elas...um docinho que eu mesma fiz...


ah, esses kids...alegram qualquer festa, essas pest...essas gracinhas!!!


Cada um escolha seu lugar especial...onde mais se aconchegar...vão comendo bolo...e se divertindo e tomando brêja...bebendo guaraná.... Se preferir, pode ir se acomodar lá no quintal da casa também...


Ou então, se acomodar no jardim de inverno.

Tem gente que fica feliz se acomodando no chão mesmoo...eu fico!

Pros gatões e pras gatinhas...eu criei uma bricadeira- cantinho pra vocês mandarem ver...nas 


mensagens!!!!  Tipo Alguém oferece a Alguém...ai que NOSTALGIA BOA...


Escolha a sua e envie!


Essa eu mando pra uma amiga...e ela sabe quem é!!!...


Escolha a sua! Mande seu recadinho pra ela! Mande pra ele um bilhetinho junto com um suspiro de amor!!!


Veja que charme!!!

Olha só a graça!
-Quem pediu guaraná?? Acabou?? Já vamos providenciar...


Pronto...Tubaína pra todo mundo!!

- Que foi, Primalvina???


- Oh, céus!! a música parou !! Gente, por favor, coloque o SOM pra esquentar!


Cadê o DJ??????????
******

- Tem  uma princesa lá fora, pessoal! Tá triste, a pobrezinha...alguém aí poderia ser 


cavalheiro e buscar a bela adormecida pra festejar com a gente???


Ficamos sabendo que ela perdeu o caminho dos BOTÕES...Ganha mais outro meio copo de TUBAÍNA quem desvendar o mistério: quem será a bela?...
-Sirvam a princesa!


******
E olhem só quem chegou TAMBÉM pra festa!! Nosso Deputado Federal... Essa festa tá 


mesmo de arromba, hein, pessoal??!!!!!!!!!!!!!!!!!

Fiquem à vontade, o Deputado não morde naõ...rs...ele é de casa...ELE VAI ARRASAR COM VOCÊ!


*****
Mas Cuidado com o meu cão, esse sim é muito bravo! - MEOW!!!

(YANKEE DOODLE)
**********


Cada um de vocês que veio hoje aqui vai receber um cartãozinho...de amigo fiel e 


companheiro!EBAAAA...rs


OLHA A NOTA AÍ PRA VOCÊS...É QUE EU SOU VICIADA EM NOTA...por que será?... ATÉ EM FESTA 


EU NÃO ESQUEÇO OS BENDITOS!!! ....ALUNOS...PELAMORDEDEUS, GRAÇA, AGORA NÃO...DÁ UM TEMPO...OLHA O VEXAME!!!rs

Pessoal, tem uma família que ainda não chegou...muito estimada, por sinal, e boa demais da conta!!


Ah, olha ela aí, gente!



Tem até um músico símio...tocador de BANJO!!! Parente meio torto de um certo amigo meu, da 
blogosfera...mais um copo de TUBAÍNA...(ah, cê já sabe)
-TRAGAM MAIS BEBIDA!!

- Auimentem o SOM...


- Chama o DJ...

- Sivam mais do BOLO, PESSOAL...


- Tem de BANANA também...com caramelo, marshmellow, vanilla...
******
Tenho uma amigona gaúcha, poeta...famosa por aqui...que queria me dar aquela surra, se eu não deixasse logo as 


férias e a minha vaga...ops...o meu descanso, e viesse depressa fazer essa postagem!!
Ah, mas ela é fantástica!!


-Tá se divertindo, amiga???
*****
Tou curiosa pra saber que PRESENTE será que um tal 'maigo' tava embrulhando pra mim...lá 


na floresta do Tarzan...er...quer dizer, do Xipan! Ganha mais um copinho de TUBAÍNA  se 


adivinhar quem é ele! Fala sempre que "a nossa batata tá assando!"...


-Me dá logo esse presente, ou TEJE PRESO...(ah, mas essas são palavras de uma outra 


amiga, que aprecio muito!!) Será que ela vem???
****

- Pessoal, a diversão tá correndo...


- Vamos dançar...balançar...sacudir...





*****


Muitas amigas e amigos queridos foram também convidados...aos poucos, vou colocar 


os links desses queridos para vocês terem a honra de conhecê-los...(aqueles que ainda não conhecem...)


A Vivian...


A Evanir...


O Éverson Russo...


A Graça...


A Graça Pereira...

A Maria Tereza...


O Eduardo Lara Resende...


A Elaine Barnes...


A Geisa Machado....


A Majoli...


A Rosélia...


A Lena...


A Val Cruz...


A Sandrinha...


A San...


O Wilson...


A Judith...


A Liene...


O Cardô...


A Uriel...


A Si Fernandes...


A Regina R....


A Ma Ferreira...


O Neo orkuteiro...


A Bebeth...


O Édson Carmo...


A Beatriz Prestes...


O Renato Batista...


O Leonel...


A Sheila...


A Mari Amorim...


O Aluísio Cavalcante...


O Jair Machado...


A Ilaine...


O Júlio César...


O Jair Lopes...


O Tatto...


A Paula Mello...


A Zu(Santa Imaginação)...madrinha do blog


e muitos, MUITOS OUTROS !!!



Espero que venham prestigiar com sua alegria essa nossa festa que está pra lá de boa!!!
*****


Pessoal, adivinha quem chegou para a festa!! O Máfia Sonora...quero conhecer o gajo de 


perto...saber seu nome...


_ Entre, por favor...a casa é sua, Clayton! Estamos precisando mesmo de um novo DJ, porque esse que contratamos tá 'devagar...  quase...parou'!!!!


Bota aí  SOM NA CAIXA...por favor!


- Merci Beacoup, monsier!!


******
Divirtam-se mais, amigos!


A festa não tem hora nem dia para acabar!!!  Mandei trazer uma bebida... "Veuve Clickquot Fridge" especialmente para vocês...


Só não vale exagerarrrrrrrrrrr


Dance, beba, sirva-se de mais um pedaço de bolo...
Entre na madrugada, que ela é uma criança...quem será que me mandou dizer isso???rs 
Vou levar o marido pra uma cirurgiazinha básica...corta daqui, corta de lá...e o homem apavorado...tem medo de arrnacar dente, o bobão...
Vou lá segurar a mãozinha dele...logo mais eu volto...
E vocês tratem de ser FELIZES!!!
Se não forem felizes aqui, nesta festa...(pode ser que ela esteja uma porcaria, né naõ???rsrs) bebida morna, porque o irresponsável deixou fora do frigobar...
Bolo TOSTADO...porque ontem a cozinheira ficou de papo com um tal  de Xipanzéca aí...e deixou queimar os quitutes chiques da festa VINTAGE!!
E ainda o esquecimento de algum nome de amigo querido...porque a dona do blog JÁ TÁ CADUKA...E ESQUECE até de tomar os remédios da kadukice!!!
Ocês perdoem ela...
*******
Meus amores,
boa ou não...
divertida ou não...
foi planejada e feita com carinho...
foi pensado cada detalhe...pra você se divertir um pouquinho aqui nesse DIA!
Afinal...VOCÊ MERECE!


QUE BOM QUE VOCÊ VEIO. Não conte pra ninguém, é segredo: eu aprendi muito com você, viu?...


*******
*Ainda estou ouvindo SOM...