sábado, 9 de outubro de 2010

Projeto Adormecer e Acordar Palavras



As estrelas,
A lua,
O sol,
E as rosas,
Inspiram o dia!
Tudo há seu tempo...
Um nu artístico prepara-se!
As tintas, os pincéis, a tela,
e umas mãos aguardam,
Ansiosa  Mente...
Enquanto isso...
As estrelas
A lua
O sol
E as rosas
Aguardam  impacientes,
Um tom...
Um tema...
Uns versos!
De um poema
semrumo!
Displicente,
Indisciplinado!
Indomável!
Disperso!
De um poeta sonolento!
(Colaborou:Antônio Lídio)






"É urgente destruir certas palavras,
ódio, solidão e crueldade,
alguns lamentos,
muitas espadas.


É urgente inventar alegria,
multiplicar os beijos, as searas,
é urgente descobrir rosas e rios
e manhãs claras."
(Colaborou:Eugênio de Andrade)






COMUNICADO


Saiu hoje no Jornal
que o amor tem que renascer nos corações
e o sorriso esteja de volta em cada lábio
Foi publicado ainda
que a paixão retornou com força total.
Precisa-se de Vidas para abastecer muitas almas.
Aceitam-se doações de carinho, compreensão
e afeto
Promete-se a quem ajudar, ficar em estado de Graça.
Só não poderão cultivar o desamor, estar em desafeto
com alguém.
Não se pode também alimentar a ira!
Tem que jogar fora a maldade
adormecer a morte
e nunca, nunca mesmo, andar lado a lado
com a tristeza.


(Graça Lacerda - 07/10/2010)




 Amor, amizade, amenidade, altruísmo, abrigo, alvíssaras... vamos começar um dicionário?
- Ah, ia esquecendo:
- Abraço, moça!
(colaborou:RodolfoBarcellos)













Nos acordes da vida ( canto I)

(by lu cavichioli)

Acordei bela e suave

na liberdade de ser ternura



Voei digna e plena

Nos braços da confiança

Que fizeram adormecer

em mim: a dor  - e assim

germinei a PAZ!

(colaborou:
Lu Cavichioli)






Postar um comentário