nnn

terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

As Palavras e o Tempo


*A palavra tem uma força vital e deverá ser usada com destreza
Por ser um instrumento precioso estará guardada num templo
(Con)sagrada ao tempo certo fluirá e tomará seu rumo ...*

As palavras tanto podem surgir em lâminas afiadas
Como podem chegar em pétalas aromatizadas ...
.......... Elas apontarão uma direção ............
Umas cortarão a carne e sangrarão a alma
Outras acariciarão o corpo e suavizarão o semblante
Há um tempo de palavras ousarem
Outro tempo de palavras silenciarem

***

A palavra bem_dita sai pelos poros do artista
A palavra mal_dita fere a ferro e fogo
A palavra penetra como essência perfumada
A palavra grita implorando por justiça
A palavra fala em alto e bom som
A palavra atravessa com seu próprio dom
A palavra cumpre a meta ao encontrar o tom
A palavra silencia na dor dos que partem
A palavra ri quando as flores nascem
A palavra chora quando um amor vai embora
A palavra se doa ao silêncio para a escuta
A palavra sussurra no clamor dos afagos
A palavra que o corpo fala quando a voz cala
A palavra pede: um trocadilho a mais de palavra
A palavra o vento não leva o significante marcado
A palavra cumpre ... P A L A V R A
A palavra dá ... A palavra recebe ...
A palavra espera ...... Espera ..................
... Espera ................ Espera ................. (Des)espera


**********************************************

O tempo ................. É o tempo de espera .....
......... É o tempo certo ...... É o tempo de olhar .....
......... É o necessário ....... É o tempo de enxergar ...
......... É aquele que tem que ser ... P a s s o u ..........
...................................... Foi-se o tempo de perceber
...........................................................................

**********************************************


Existe um momento crucial em cada ato
Deixá-lo passar do tempo pode significar
Deixá-lo ir para não mais voltar, se assim for,
a vontade imperar e a certeza falhar
...
Se o desejo decidido aflorar
deixarei o tempo de ser e sentirei
o tempo retornar daquele instante
em que se perdeu no tempo de acontecer
...
Se o tempo de retornar tiver se partido
em muitos tempos de espera,
ele precisará de um outro tempo
de bem_querer para juntar as partes
ao longo desse novo tempo e daí prosseguir
...
Quando cada uma dessas partes for recolhida
as mãos deverão estar em concha para acolhê-la
com a delicadeza necessária de não machucá-la
e a sensibilidade apropriada de não mais deixá-la
escapar nesse novo tempo de perceber
...
Será o tempo de entender
o que for para ser entendido com serenidade
e o tempo de concluir com sabedoria
mesmo o que não tiver compreensão
...
Palavra ... Verbo ... Ação
...

***
(Autora:Lilibeth)
Postar um comentário