sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Série - Bibliotecas VI

THE RED PHONE BOX

Numa pequena localidade do País de Gales encerraram a biblioteca local e a única cabine de telefone existente.
Então, os habitantes decidiram abrir uma biblioteca na cabine de telefone, que acabou sendo adquirida pela população por uma libra inglesa.

"All sorts of interesting books turn up – manuals, picture books, good literary novels.", disse a   moradora Angela Buchanan. " É uma grande ideia!" Sim, uma grande ideia, que partiu  de um morador da aldeia.

A CABINE TELEFÔNICA/BIBLIOTECA está aberta 24 horas por dia e iluminada à noite.
Há uma checagem regular para levantar quais títulos estão em movimento e sendo mais procurados. Eles são então enviados a uma casa de caridade para manter atualizada a coleção da cabine/biblioteca, que possui cerca de 100 títulos, além de CDs e DVDs.
A menor e mais movimentada biblioteca do mundo: trata-se de um novo conceito, que funciona por sistema de troca. O leitor substitui o livro que leva por outro que já tenha lido.
O responsável pela Companhia Telefônica Britânica recebeu 770 pedidos de comunidades para "adotar uma cabine", mas apenas 350 velhas cabines foram disponibilizadas para os conselhos municipais.

Mais pormenores em:

http://www.dailymail.co.uk/news/article-1232331/The-red-phone-box-Britains-smallest-library.html

É... eu continuo a sonhar com essas grandes pequenas iniciativas...
Postar um comentário