domingo, 17 de janeiro de 2010

Série Biblioteca – II


Biblioteca de Alexandria – uma obra faraônica

Com a modesta quantia de 200milhões de euros, ela foi construída, justo num país que exerce censura feroz a obras literárias. O Egito, país que abrigou a mais famosa de todas as coleções de livros, reviveu o esplendor da época da rainha Cleópatra com esse fenomenal monumento.

O complexo já existe e funciona, desde 2002, ano em que foi inaugurado, a 23 de abril, Dia Mundial do Livro. Uma versão mais que moderna da biblioteca fundada em 295 a.C. pela dinastia dos Ptolomeu, que nos três séculos seguintes ajudou a cidade portuária egípcia a firmar-se como a mais cintilante capital da Antiguidade.

Com 700 000 papiros que reuniam todo conhecimento produzido até então, a Biblioteca foi erguida às margens do Mediterrâneo, num local próximo onde arqueólogos suspeitaram que ficava a original, destruída por um incêndio em 48 a.C. O mais antigo livro é um texto muçulmano, com cerca de 1000 anos.

Com um ousado projeto, um escritório norueguês de arquitetura ganhou a concorrência internacional . O resultado foi uma obra faraônica - uma área de 85.000 metros quadrados – esse centro internacional de pesquisa e conhecimento possui o maior salão de leitura do mundo, com uma área de 20 000metros quadrados, com capacidade para atender até 2 000 pessoas. Com teto feito de vidro e alumínio, o edifício possui uma inclinação de 16 graus, o que constitui um recurso que dá leveza ao conjunto e ajuda a controlar a luz natural em seu interior por meio de um sistema retrátil de janelas. Sua arquitetura lembra um disco voador. Não é luxuosa além da conta?

O Egito, país que censurava livros, construiu uma gigantesca Biblioteca, pois os defensores da construção acreditaram que ela viria a ser um centro de referência... e realmente é!!!

Curiosidade:

As cinco maiores bibliotecas do mundo

1. B Biblioteca do Congresso (Washington - EUA)

2. Biblioteca Nacional da China (Pequim)

i Biblioteca Nacional do Canadá (Ottawa)

4. Biblioteca Alemã (Frankfurt)

5. Biblioteca Britânica (Londres)

Aa A nossa?? Ah, sim, a nossa... Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro... bem,

Be ela merecerá um poste só para ela!

Postar um comentário