domingo, 17 de janeiro de 2010

Série Biblioteca – III



Biblioteca Digital Mundial

Queridos!!!

Essa riqueza já existe(!) e está oficialmente à nossa disposição desde 21 de abril de 2009. Lançada pela Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) , permite que a gente consulte gratuitamente pela internet o acervo de grandes bibliotecas e instituições culturais de inúmeros países, entre eles o Brasil. Veja os Continentes, suas contribuições e... navegue por esse lugar mágico e encantado de milhares de livros, imagens, manuscritos, mapas, filmes e gravações de bibliotecas em todo mundo, riquezas digitalizadas e traduzidas em diversas línguas, disponibilizadas para você, para mim, que amamos a cultura!

É uma delícia... vá lá conferir...você navega por lugar/continente... pelo período histórico... pelo seu tópico/interesse/área preferidos (literatura, artes, história, tecnologia, idiomas, ciências naturais, retórica, filosofia, psicologia...)... e ainda tipos e classificação de itens do acervo (livros, filmes, impressos, fotografias, registros fonográficos, mapas, manuscritos...).

E se quiser ir além, conheça as 32 Instituições que contribuíram com auxílio técnico e fornecimento de conteúdo para esse site grandioso da Unesco.

Entre os documentos, há tesouros culturais como :

* a obra da literatura japonesa O Conde de Genji, do século 11(considerado um dos romances mais antigos do mundo)

* o primeiro mapa que menciona a América, de 1507 (que se encontra na biblioteca do Congresso americano)

* as primeiras fotografias da América Latina (integrantes do acervo da Biblioteca Nacional do Brasil)

* o maior manuscrito medieval do mundo (conhecido como a Bíblia do Diabo, do século 18, e pertence à Biblioteca real de Estocolmo, na Suécia)

* manuscritos científicos árabes da Biblioteca de Alexandria, no Egito.

As informações que temos é que o documento mais antigo da Biblioteca Digital da Unesco é uma pintura de oito mil anos, com imagens de antílopes ensanguentados, que se encontra na África do Sul.

A campanha para aumentar o número de países com instituições parceiras continua.

James Billington é o autor da ideia de se criar esse site, que está nas principais línguas da ONU, esse espaço deslumbrante e rico.

Acessar conteúdos culturais e desenvolver o multilinguismo são os objetivos da Unesco.

Amigo, colega, há tempos precisava compartilhar essa maravilha com você!

Obrigados, Billington!!!

Obrigados, Unesco!!!

www.wdl.org

Nota: a Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro já está chegando...

Postar um comentário